sábado, 5 de dezembro de 2009

O MUNDO EM COPENHAGUE : tecnologia de SC ajuda na redução - PARTE 1

Da fábrica em Joinville saem os compressores que garantem a redução da emissão de gás carbônico por empresas mundo afora. A mais recente inovação da catarinense Embraco, especializada em soluções para refrigeração, é o compressor EK, que utiliza o gás carbônico (CO2) como fluido refrigerante e foi desenvolvido para aplicações comerciais, como refrigeração de sorvetes e bebidas.

A produção em Joinville começou em maio de 2007, tendo como destino clientes na Europa, Japão e China. O CO2 é utilizado no equipamento após o processo de reciclagem do gás, realizado por empresas especializadas. Ao utilizar o material, o compressor EK contribui para evitar que quantidades excessivas de CO2, geradas por outras atividades industriais, acumulem-se na natureza.

Além da matriz em Joinville, a Embraco tem fábricas na Itália, Eslováquia e China. Dos 9 mil empregados que mantém pelo mundo, 5 mil estão no Brasil. A empresa conta com 43 laboratórios para suporte ao desenvolvimento tecnológico de novos produtos, e aplica até 3% do faturamento líquido anual no custeio de pesquisa e desenvolvimento.

O gerente de pesquisa e desenvolvimento para o segmento de refrigeração comercial da Embraco, Ricardo Maciel, lembra que a eficiência energética é uma das principais prioridades no desenvolvimento de novos produtos. Ele explica que entre 95% e 98% das emissões de gás carbônico de um sistema de refrigeração comercial são resultado do nível de consumo de energia.

Entre os destaques da empresa nesta área está o compressor Embraco VCC, que promete redução de até 40% no consumo de energia de geladeiras e freezers. O produto catarinense foi reconhecido por premiações internacionais no segmento de eficiência energética.
******************************
FONTE : 5/12/2009

Nenhum comentário: