segunda-feira, 15 de abril de 2013

Prefeitura decide que cortes de árvores serão compensados com replantio


Smov e Smam haviam acertado pagamento de R$ 40 mil, segundo o MP


Prefeitura decide que cortes de árvores serão compensados com replantio<br /><b>Crédito: </b> Ricardo Giusti
Prefeitura decide que cortes de árvores serão compensados com replantio
Crédito: Ricardo Giusti

Por meio de um comunicado, a prefeitura de Porto Alegre afirmou na noite desta quinta-feira que as compensações ambientais referentes às obras da Copa do Mundo serão realizadas apenas por replantio de árvores e não por pagamento de valores, ainda que a legislação municipal permita.

“Houve um estudo detalhado para fazermos esse procedimento dentro da legislação vigente, mas por decisão do prefeito, não vamos fazer nenhuma compensação em dinheiro. Todas as compensações ambientais referentes às obras da Copa são necessariamente realizadas através de replantios em áreas definidas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente”, ressaltou na nota o secretário municipal de Gestão, Urbano Schmitt.

Antes da intervenção do prefeito José Fortunati, a Secretaria Municipal de Obras e Viação havia acertado com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente uma quantia de R$ 40 mil para não precisar replantar 798 árvores referentes ao corte de 40 árvores no Parque Harmonia para a duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva, segundo investigação do Ministério Público. A informação foi confirmada pela promotora de justiça de Defesa do Meio Ambiente de Porto Alegre, Ana Marchesan.

O corte de árvores no entorno da Usina do Gasômetro, ao lado do Parque Harmonia, está suspenso por decisão judicial. A retirada provocou protestos de moradores do Centro da Capital e de estudantes contrários a modificações na vegetação do local. A obra faz parte das modernizações visando o Mundial do ano que vem.

Nenhum comentário: