segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

FLORESTA NACIONAL DE PASSA QUATRO, MG

Artigo publicado no "Boletim de atualização do Portal EcoDebate - Edição 1.257, de 13/janeiro/ 2011"
(http://www.ecodebate.com.br/2011/01/13/floresta-nacional-de-passa-quatro-mg-artigo-de-james-pizarro/)

*******************************

Entre as chamadas "unidades de conservação" do Brasil, existem as FLORESTAS NACIONAIS (FLONA) que compreendem as áreas com cobertura florestal principalmente nativas. Estas florestas, administradas ao ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), estão vinculadas ao Ministério do Meio Ambiente.

Mais uma vez visitei a Floresta Nacional de Passa Quatro, situada na cidade de Passa Quatro (sul de Minas Gerais), criada na década de 40 pelo então existente Instituto Nacional do Pinho. Tem altitudes variando entre 946 m a 1479 m. O ecossistema predominante é "Floresta Ombrófila Mista". Tem uma área de 335 ha (3,5 milhões de metros quadrados) colocados no domínio da Mata Atlântica, fazendo parte do "Corredor Ecológico da Serra da Mantiqueira".

A Floresta Nacional de Passa Quatro abriga um fragmento florestal da Mata Atlântica, mata que se encontra em lamentável estado de extinção no Brasil. A floresta também possui monocultivos de Araucaria angustifolia (pinheiro-brasileiro ou pinheiro-do-Paraná), espécie que sofreu processo de esgotamento do Rio Grande do Sul até Minas Gerais devido à exploração predatória (restam hoje apenas 5 % de araucárias nesta área citada). O viveiro de pinheiro-brasileiro da Floresta Nacional de Passa Quatro contribui para que esta majestosa espécie não se torne extinta. Existem também monocultivos de diversas espécies de Pinus e Eucaliptus.

O visitante tem de seguir à risca uma série de regras que vão desde não consumir bebidas alcoólicas até não levar animais domésticos, passando por obedecer as placas de sinalização, não jogar lixo de espécie alguma fora, não coletar nada (frutos, galhos,raízes,flores), observar os animais à distância, não fazer algazarra ou ruído de qualquer tipo, não fumar, não pichar pedras ou árvores e evitar mergulhos na cachoeira (Cachoeira de Iporã) devido as pedras no fundo do poço.

O acesso à Floresta Nacional de Passo Quatro é feito a partir do trevo de Passa Quatro, rodovia MG-158 por dois quilômetros de extensão até o portão de entrada da unidade de conservação. Várias rodovias dão acesso à Passa Quatro : BR-381, BR-267, BR-354 e MG-158.

Tirei centenas de fotografias que estão cuidadosamente guardadas. A visita a esta floresta faz um bem à alma da gente, pois é uma rara oportunidade de se entrar em harmonia com a Natureza.
***************************
AUTOR : James Pizarro

Nenhum comentário: