segunda-feira, 7 de setembro de 2009

SUPERPRODUÇÃO NA FRUTICULTURA EM SC


FOTO : Marcelo Couto (E) e José Luiz Petri analisam o pomar de maçãs já com flores
****************************************************************************
Frio ajudou a brotação da árvore no inverno

As belas paisagens às margens das rodovias indicam que a florada das árvores frutíferas de clima temperado começou mais cedo neste ano. Segundo os especialistas, a presença antecipada das flores indica uma das melhores safras dos últimos 20 anos em Santa Catarina.

O engenheiro agrônomo e pesquisador da Epagri José Luiz Petri diz que os campos ficaram floridos ainda no inverno em função do bom comportamento do clima para a fruticultura. Os pomares foram beneficiados pelo inverno rigoroso, que teve temperaturas baixas constantes.

Nas últimas semanas, a fruticultura foi beneficiada novamente: os dias mais quentes aceleraram a brotação das flores na região.

– As condições de clima foram muito favoráveis para a florada. Um dos empecilhos dos outros anos era o veranico de maio, que atrasava a brotação das flores. Com o frio constante deste inverno, elas vieram mais cedo – observa José Luiz Petri.

Atenção às doenças deve ser redobrada

Nos pomares da estação da Epagri de Caçador, a floração de macieiras e pereiras começou no início de agosto. O mesmo deve ocorrer com pessegueiros, quivizeiros, caquizeiros e videiras até a segunda quinzena de outubro, graças aos campos já floridos pelas espécies que se anteciparam.

Para o pesquisador Marcelo Couto, a florada exuberante é o prenúncio de uma safra excelente. Ele afirma que o frio na medida e hora certas satisfez as necessidades das plantas e provocou melhor brotação. Além disso, vai refletir em ganhos na qualidade e quantidade de produção dos frutos. Os especialistas estimam que a fruticultura de clima temperado terá uma das melhores safras dos últimos 20 anos em Santa Catarina.

Apesar das boas expectativas, os pesquisadores orientam que os produtores não devem esquecer dos cuidados fitossanitários e da prática do raleio. Outra dica é redobrar a atenção ao aparecimento de doenças.

– O raleio é imprescindível. Os fruticultores precisam retirar o excesso de frutos das árvores para que a previsão de uma boa safra se confirme – orienta José Luiz Petri.
************************************
FONTE : DC (7/9/2009)

Nenhum comentário: