quinta-feira, 13 de novembro de 2008

PRAIA DA ARMAÇÃO - Florianópolis


Em princípio, a denominação de Praia do Mandú, se estendia desde a Ponta da Companhia até a Ponta das Garças. O nome mandú, é de um peixe cação, ou cação mangona, abundante nas águas frias dessa costa oceânica. Na gíria aplica-se o termo mandú para uma pessoa atoleimada. Também pode referir-se a um peixe de água doce - mandú.
A partir de 1830, a Praia do Mandú, ficou restrita até a Ponta das Pedras, onde se iniciava a Praia das Areias. Estes são os marcos dos limites da Praia da Armação, e que aplica aos nossos dias.

A denominação "armação" , está relacionada à faina da baleia. Designava o local onde os cetáceos eram esquartejados e colocados, em pedaços dentro de grandes caldeirões, para a extração do seu precioso óleo iluminante,

No local, funcionava toda a Companhia de Pesca da Baleia da Armação da Lagoinha do Peri, ou da Armação do Pântano do Sul (1772).

Ruínas das construções da Armação, ainda podem ser vistas, na praia, e a capela, com muitas alterações, dedicada a Nossa Senhora, ainda continua de pé e prestando serviços à comunidade. Pelo que se vê, o empreendimento embora hoje previsto como crime ecológico, foi o grande impulsionador do progresso do Sul da Ilha de Santa Catarina e, muito especialmente, para a Armação, hoje, um moderno ponto turístico da Ilha.

Descrição Física

É, a Praia da Armação do Pântano do Sul, uma das mais belas praias da Ilha de Santa Catarina. Longa, com larga faixa de areias brancas e finas, ondas serenas, em alguns trechos, e agitadas em outros ao Norte, e propicia para o Surf. Suas águas são límpidas, porém muito frias. Fica localizada no Distrito de Pântano do Sul, e a 22 km do centro de Florianópolis.

Tem início na Ponta da Companhia e termina no lado Sul da Ponta do Morro das Pedras. É uma região sujeita a ressacas, desgastando continuamente a praia, que avança sobre a costa e perigosamente sobre as construções praieiras.

USOS E COSTUMES

A Armação integra, com Campeche e Pântano do Sul, o maior complexo pesqueiro da Ilha de Santa Catarina, sendo assim, uma praia essencialmente de pescadores, e que produzem pescado para os mercados, local e os de grandes centro do país.
Apesar de ter sido de 1772 a 1910 o grande centro de captura e exploração de baleias, e grande centro pesqueiro hoje, também tornou-se uma praia balneária, a mais concorrida no Sul da Ilha.

O fluxo, e a freqüência turística em Armação, cresce rapidamente tendo a praia uma boa infra-estrutura para essa finalidade com restaurantes e pousadas. Em sua praia está situada uma das mais antigas capelas de Santa Catarina, e a comunidade local, em população fixa, aproxima-se dos 8.000 habitantes, número esse que se quintuplica na alta temporada turística.

Integra o complexo turístico da Armação, o Parque Municipal da Lagoa do Peri, em toda a área dessa bacia com seus morros, o que contribui para a oferta de turismo ecológico.

Nenhum comentário: