sábado, 29 de novembro de 2008

GOVERNO DE SC QUER DIMINUIR ÁREA DO PARQUE !!! PROTESTE !!!


Na última semana, Santa Catarina ganhou as manchetes nacionais por conta do desastre ambiental que assola o Estado. As chuvas que cairam nos últimos meses se intensificaram em meados de novembro, resultando em deslizamentos de terra, elevação rápida do nível dos rios e inundações de proporções catastróficas. Como muitos dizem por aqui, um desastre anunciado diante do descaso com que a questão ambiental é tratada pelas autoridades de Santa Catarina. A geografia do Estado e em particular da região costeira, coloca uma série de limites de ocupação do solo que, via de regra, não são respeitados.

Atualmente, a especulação imobiliária é o grande vilão ambiental na área costeira. Em nome do "de$envolvimento", órgãos ambientais têm feito vista grossa ao crescimento desordenado e a ocupação de morros, áreas de restinga, dunas e manguezais. Quem não se lembra da operação Moeda Verde deflagrada em 2007 pela Polícia Federal e Ministério Público, denunciando a venda de licenças ambientais para grandes empresários do setor imobiliário?A justiça esqueceu, mas a memória da população não, ainda que digam o contrário.

Como se não bastasse a catástrofe ambiental recente que a população de SC vem sentindo na pele, no último dia 11/Novembro o Governo do Estado apresentou à Assembléia Legislativa o Projeto de Lei 347/08 para DESANEXAR áreas do PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO TABULEIRO, principal Unidade de Conservação do Estado na área de Mata Atlântica. O Projeto está em tramitação em caráter de URGÊNCIA e o texto na íntegra encontra-se em http://www.alesc.sc.gov.br/expediente/2008/PL__0347_3_2008.rtf

Basicamente, o PL propõe desanexar áreas da região costeira criando "APAS" sob gestão das Prefeituras, altamente manipuláveis pelo setor imobiliário. Isto inclui Ilhas e a Baixada do Maciambu (ou Massiambu), uma região de restinga que protege cordões aresonos considerados um dos maiores registros geológicos da ação marinha do período quaternário (para quem não é de SC, está área fica entre Florianópolis e Garopaba). Com esta medida, o Governo Estadual atende reivindicação antiga de tubarões do setor imobiliário sem se preocupar com o comprometimento de um patrimônio natural ímpar e com a integridade territorial de um Parque que abastece com água toda a região da Grande Florianópolis. E o pior, os estudos que subsidiaram a redefinição dos limites para a elaboração deste PL foram feitos com recursos do PPMA- Programa de Proteção da Mata Atlântica!!!!

O PL foi encaminhado à Comissão de Constituição de Justiça no último dia 25/11 e ainda deverá tramitar pelas Comissões de Finanças e Tributação, Turismo e Meio Ambiente, Agricultura e Política Rural. Somente uma manifestação imediata e massiva por parte da sociedade civil para reverter este quadro. Os contatos dos deputados seguem abaixo. Por favor, divulguem.

Saudações,


Angela Cordeiro


DEPUTADOS ESTADUAIS DE SANTA CATARINA
Nome Partido E-mail Sala Telefone
Ada De Luca PMDB adadeluca@alesc.sc.gov.br 110 (48) 3221.2689
Ana Paula Lima PT anapaulalima@alesc.sc.gov.br 308 (48) 3221.2680
Antônio Aguiar PMDB antonioaguiar@alesc.sc.gov.br 309 (48) 3221.2650
Cesar Souza Júnior DEM cesarjunior@alesc.sc.gov.br 121 (48) 3221.2658
Clésio Salvaro PSDB salvaro@alesc.sc.gov.br 101 (48) 3221.2775
Dado Cherem PSDB dadocherem@alesc.sc.gov.br 125 (48) 3221.2632
Dagomar Carneiro PDT dagomarcarneiro@alesc.sc.gov.br 310 (48) 3221.2695
Darci de Matos DEM darcidematos@alesc.sc.gov.br 115 (48) 3221.2735
Décio Góes PT deciogoes@alesc.sc.gov.br 122 (48) 3221.2665
Dirceu Dresch PT dirceudresch@alesc.sc.gov.br 133 (48) 3221.2628
Edison Andrino * PMDB edisonandrino@alesc.sc.gov.br 109 (48) 3221.2698
Edson Dias (Piriquito) PMDB edsonpiriquito@alesc.sc.gov.br 111 (48) 3221.2737
Elizeu Mattos * PMDB elizeumattos@alesc.sc.gov.br 106 (48) 3221.2705
Gelson Merísio DEM merisio@alesc.sc.gov.br 206 (48) 3221.2691
Genésio Goulart PMDB genesio@alesc.sc.gov.br 113 (48) 3221.2720
Herneus de Nadal PMDB herneus@alesc.sc.gov.br 204 (48) 3221.2702
Jailson Lima PT jailson@alesc.sc.gov.br 128 (48) 3221.2638
Jandir Bellini PP jandirbellini@alesc.sc.gov.br 126 (48) 3221.2671
Jean Kuhlmann DEM jean@alesc.sc.gov.br 131 (48) 3221.2704
Joares Ponticelli PP joares@alesc.sc.gov.br 114 (48) 3221.2711
Jorginho Mello PSDB jorginho@alesc.sc.gov.br 119 (48) 3221.2647
Julio Garcia DEM juliogarcia@alesc.sc.gov.br 127 (48) 3221.2635
Kennedy Nunes PP kennedynunes@alesc.sc.gov.br 120 (48) 3221.2653
Manoel Mota PMDB mota@alesc.sc.gov.br 205 (48) 3221.2674
Marcos Vieira PSDB marcosvieira@alesc.sc.gov.br 304 (48) 3221.2707
Moacir Sopelsa PMDB moacir@alesc.sc.gov.br 108 (48) 3221.2713
Narcizo Parisotto PTB parisotto@alesc.sc.gov.br 207 (48) 3221.2748
Nilson Gonçalves PSDB nilson@alesc.sc.gov.br 132 (48) 3221.2745
Padre Pedro Baldissera PT padrepedro@alesc.sc.gov.br 118 (48) 3221.2726
Pedro Uczai PT pedrouczai@alesc.sc.gov.br 202 (48) 3221.2662
Professor Grando * PPS professor.grando@alesc.sc.gov.br 208 (48) 3221.2667
Professora Odete de Jesus PRB odetedejesus@alesc.sc.gov.br 307 (48) 3221.2686
Renato Hinnig PMDB renatohinnig@alesc.sc.gov.br 116 (48) 3221.2732
Reno Caramori PP reno@alesc.sc.gov.br 117 (48) 3221.2656
Rogério Mendonça (Peninha) PMDB rogerio@alesc.sc.gov.br 102 (48) 3221.2683
Romildo Titon PMDB titon@alesc.sc.gov.br 123 (48) 3221.2723
Sargento Amauri Soares PDT sargentosoares@alesc.sc.gov.br 112 (48) 3221.2640
Serafim Venzon * PSDB serafimvenzon@alesc.sc.gov.br 124 (48) 3221.2717
Silvio Dreveck PP silviodreveck@alesc.sc.gov.br 203 (48) 3221.2729
Valmir Comin PP comin@alesc.sc.gov.br 103 (48) 3221.2677
***************************************************************
FONTES :
a)- jorn. Flora Neves 48-91533112 (www.ecoflora.blogspot.com)
b)- Marcos Alexandre Danieli (Técnico Ambiental da Apremavi) : www.apremavi.org.br
(49) 88348397 / (49) 99298208

7 comentários:

Anônimo disse...

Muito interessantes essas informações. É o tipo de coisa que não é divulgado na mídia para ser feito na surdina, por baixo dos panos e o resultado é esse que vemos.

Em Salvador a especulação imobiliária também destrói áreas de mata atlântica para construir condomínios de algo luxo para os endinheirados - e o plano diretor de desenvolvimento da cidade prevê isso ( em votação polêmica, de madrugada, foi aprovado).

A esperança, se assim podemos dizer, é que a crise já fez cancelar a construção de 3 grandes empreendimentos por aqui. O restante de mata terá uma sobrevida...até quando, sabe-se lá.

Boas informações, parabéns!

Anônimo disse...

Eu que agradeço a visita e os comentários e principalmente pelas informações sobre o descaso para com o meio ambiente em SC, coisa que não vem tratado em absoluto pela grande mídia.

abs!

Aventureiro disse...

Assunto sério! Que bom qeu vc etá expondo. Temo que defender a natureza, nosso único bem!

Muito legal o blog.

Adrielly Soares disse...

Já te dei parabéns pela bela iniciativa?
Entaão parabéns de novo.
=*

Unknown disse...

Prof. James, enviei e-mail para todos os deputados de SC mas as mensagens estão voltando, com alegação de que a caixa está cheia. Será que os parlamentares não têm uma assessoria p/cuidar das correspondências? Continuarei insistindo.....

antes que a natureza morra disse...

Provavelmente tenham deixado estamensagem automática de "caixa cheia" pra não precisar ler e nem responder. Quando eram candidatos eram tão gentis...Mas a volta vem !
Vou mandar este tua constatação pros blogs ecológicos e associações ecologistas daqui.
Abraço, Iracema.
JP

Unknown disse...

O deputado Pedro Uczai foi o primeiro a responder minha mensagem e informou que VAI VOTAR CONTRA O PROJETO 347/2008. Espero que outros parlamentares sigam o exemplo dele.

Por favor continuem a mobilização contra a desanexação de áreas do Parque da Serra do Tabuleiro. Vamos unir o Brasil inteiro em torno dessa causa, tal qual os brasileiros se uniram em apoio aos desabrigados pela recente tragédia em SC. Vamos evitar tragédias maiores. A natureza não se defende. Ela se vinga!