segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Milhares se reúnem ao redor do mundo em protestos climáticos


Milhares de pessoas se reuniram no sábado em diversos lugares do globo em protestos visando chamar a atenção para a importância de reduzir a concentração de dióxido de carbono na atmosfera para 350 partes por milhão (ppm).

Desde a Opera House em Sidney até a Times Square em Nova Iorque, demonstrações tomaram conta das ruas de cerca de 180 países em 5.200 eventos.

Em Paris, os manifestantes se reuniram em uma praça com despertadores programados para as 12:18, em referência ao último dia do encontro climático de Copenhague, que será realizado de 7 a 18 de dezembro. Neste encontro, as expectativas são de que um novo acordo mais rígido seja fechado para substituir o Protocolo de Quioto após 2012 na redução das emissões de gases do efeito estufa.

Ao redor das ruínas de Baalbek em Beirute, na capital do Líbano, centenas de ativistas, alguns utilizando snorkels, seguraram cartazes com o logo da campanha 350, de acordo com a AFP.

No Brasil, diversas cidades apresentaram manifestações, como em São Carlos, onde as pessoas da comunidade abraçaram 350 mudas de árvores nativas destinadas à recuperação de áreas degradadas e mata ciliar.

Atualmente, a concentração de CO2 na atmosfera é de cerca de 390 ppm, a meta de 450 ppm apresentada como sendo um cenário moderado a se atingir até 2020, causaria um aumento de 2ºC na temperatura global. Apesar de não parece muito, este aumento pode causar impacto drásticos à biodiversidade, geleiras, saúde humana, entre outros.
*****************************
FONTE : Fernanda B. Müller (Envolverde/CarbonoBrasil)

Nenhum comentário: