segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

MAIS UMA VEZ, A NOVELA DOS ESGOTOS NA PRAIA - Ana Echevenguá

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Mais uma vez, a novela do esgoto nas praias...

Ana Echevenguá, manezinha por opção

Verão de 2016. Voltei ontem pra Ilha da Magia após uma estada no Rio Grande do Sul, em uma cidade pequena e aconchegante, com ruas enfeitadas com árvores frutíferas de várias espécies... um espetáculo incomparável! Árvore tem flor e fruto, oferece oxigênio, umidade  e sombra de forma gratuita; é atrativo para pássaros, crianças e vários bichinhos... enfim, as árvores deveriam ser efetivamente respeitadas pelo serviço que nos prestam!

Buenas, cheguei em Florianópolis com saudade de tudo... querendo saber como estão as coisas por aqui... Puxa vida! Deparei-me com notícias – até na mídia comprometida - sobre poluição nas praias, esgoto nas águas, relatórios da FATMA confirmando tudo isso... 

Nada mudou!!! É a mesma novela! Primeiro capítulo: a invasão de Seres Humanos turistas triplicando a população da Ilha – todos produzindo e expelindo Resíduos (xixi e cocô) que não são tratados corretamente porque a empresa – CASAN - que pagamos para isso  é ineficiente. Assim, tais resíduos vsão jogados no rio, no mar... E, óbvio, poluem as águas e afetam a saúde da população!

No segundo capítulo, surgem as Autoridades – com aquela cara de mocinho em filme de bandido  - pra tentar resolver o problema. Mas... apresentam soluções inócuas, meramente paliativas. Falam em ligações clandestinas de esgoto, culpam os contribuintes e proprietários dos imóveis... agem desta forma por quê? Porque falta coragem para exigir da CASAN o cumprimento de suas obrigações contratuais.

E, nos próximos capítulos, o velho jogo de jogar a culpa no outro já que vivemos numa cidade onde a briga político-partidária é constante. 

Daí, o turista vai embora, e o problema só é lembrado na próxima temporada. 

Afinal, pensando bem, água poluída aqui é assunto pacífico: todos admiram e amam a Beira-mar Norte que está interditada de fato há décadas... ou alguém tem coragem de colocar o pé naquelas águas???? 

Talvez tenhamos um final feliz. Sem data certa. Tramitam algumas ações perante o Poder Judiciário que tratam deste tema: a vergonhosa falta de tratamento de esgoto na Ilha da Magia. 

Vamos aguardar... orando, de preferência! E pensar mais seriamente nas eleições municipais que se aproximam. Afinal, mudam os prefeitos mas – estranhamente – o contrato do Município com a CASAN se perpetua...

Ana  Candida  Echevenguá, OAB/RS  30.723, OAB/SC 17.413, advogada e articulista, especializada em Direito Ambiental e em Direito do Consumidor. Coordenadora do Programa Eco&Ação, no qual desenvolve um trabalho diretamente ligado às questões socioambientais, difundindo e defendendo os direitos do cidadão à sadia qualidade de vida e ao meio ambiente ecologicamente equilibrado. email: anaechevengua@gmail.com.

Nenhum comentário: