quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016


Resumo diário de notícias selecionadas
dos principais jornais, revistas, sites especializados e blogs,
além de informações e análises direto do ISA
 
 
HOJE:
Amazônia, Biodiversidade, Energia, Mineração, Mudanças Climáticas
Ano 15
04/02/2016


 

Mudanças Climáticas

 
  Estudo realizado por uma equipe internacional de cientistas demonstrou que em áreas abandonadas após o desmatamento e o uso agropecuário, a mata costuma voltar com tudo, sugando CO2 num ritmo 11 vezes superior ao de uma floresta que nunca tenha sido derrubada. Trata-se de um excelente argumento para valorizar as capoeiras - matas em fase de autorreconstrução. Para ajudar no esforço global contra as mudanças climáticas um caminho simples seria permitir que tais florestas embrionárias se regenerassem naturalmente em áreas degradadas. O estudo, publicado na revista Nature, avaliou 45 regiões das Américas, do México à Bolívia, incluindo vários locais na Amazônia, na mata atlântica e na caatinga brasileiras - FSP, 4/2, Ciência, p.B9; Observatório do Clima, 3/2.
  Municípios que estavam em situação emergencial devido à prolongada estiagem, agora avaliam as perdas impostas pelas fortes chuvas que caíram no Nordeste a partir da segunda quinzena de janeiro, evidenciando as fragilidades de cidades do Médio São Francisco diante de fenômenos naturais extremos que se tornarão cada vez mais severos e frequentes. Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz mapearam esse grau de vulnerabilidade. Segundo a pesquisa, feita com dados de 84 municípios baianos na Bacia do São Francisco, até 40 dessas cidades são altamente vulneráveis aos efeitos do aquecimento global. Nos próximos 25 anos, com estiagens mais longas e menos esporádicas, além de aumento da temperatura, esses locais - todos com baixos indicadores sociais - são mais sujeitos a experimentar fortes perdas agrícolas, escalada de doenças, evasão de moradores e a desertificação das paisagens - O Globo, 4/2, Sociedade, p.23.
   
 

Mineração

 
  Em 2014, ano em que uma seca severa fez a Prefeitura de Mariana (MG) usar mais de 20 caminhões-pipa para abastecer parte da cidade, a Samarco elevou o consumo de água em sua unidade em 74%. O aumento se deve à conclusão, naquele ano, do projeto de expansão da empresa, visando alta de 37% em sua capacidade produtiva. O consumo total da Samarco saltou de 16,9 milhões de m³ em 2013 para 29,5 milhões de m³ em 2014. Segundo a mineradora, mesmo com a seca na região, não houve "declaração de restrição hídrica" nas bacias onde capta água - FSP, 4/2, Cotidiano, p.B5.
   
 

Energia

 
  O BNDES aprovou três novos financiamentos para complexos eólicos em Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Sul. O valor total dos empréstimos é de R$ 1,4 bilhão. Segundo o banco de fomento, os três projetos terão 274 aerogeradores, com potência instalada total de 495,6 MW, e devem gerar 1,6 mil empregos diretos e cerca de 3,5 mil indiretos na fase de implantação - OESP, 4/2, Economia, p.B7.
   
 
Imagens Socioambientais

Nenhum comentário: