sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

E SE A NEVE COBRISSE 90 % DE SEU PAÍS ?

newsletter_head.jpg
 

Fevereiro de 2016

 

E se neve cobrisse 90% do seu país?

 
Olá James, 
Byonbadorj é um jovem de 18 anos da Mongólia que teve sua vida afetada drasticamente. Ele teve que abandonar a universidade e voltar para casa da sua mãe para ajudá-la a proteger seu único meio de subsistência: um rebanho de 500 animais, dos quais 100 já congelaram.

Em toda Mongólia, milhares de animais já morreram.
O sonho de Byonbadorj de ir à universidade já havia sido interrompido uma vez antes, quando o seu pai faleceu. Era difícil para a sua mãe gerenciar sozinha dos negócios da família e cuidar de outros três filhos. Ainda assim, o jovem conseguiu superar todos os obstáculos e entrar na Universidade de Ciência e Tecnologia. Ter um diploma o ajudaria a conseguir uma vida melhor para sua mãe e seus irmãos.
Mas o “dzud” – um fenômeno natural causado por um verão muito seco seguido de um inverno extremo – devastou as terras da sua família e obrigou Byonbadorj a deixar mais uma vez o seu sonho de lado.

dzud_jovem.jpg
A Mongólia está enfrentando condições extremas desde novembro de 2015, o que coloca milhões de animais em risco. Entre eles, os da família de Byonbadorj. Atualmente a temperatura média no país é de -25ºC durante o dia e -38ºC à noite. A situação está afetando mais de 965 mil pessoas na área rural e seus respectivos animais.
Em meados de janeiro, já se registravam mais de 5.000 mortes de animais devido às baixas temperaturas. A previsão, no entanto, é de que este inverno seja tão forte quanto o de 2010, quando 8.5 milhões de animais morreram – o equivalente a 20% da população de gado do país.

dzud_yt.jpg
O mais preocupante é que neste mês há um pico de nascimentos de gado. Infelizmente, as fêmeas prenhas estão abortando seus filhotes ou morrendo, porque o abrigo disponível não é suficiente para protegê-las neste momento tão vulnerável. Além disso, elas não conseguem alimento suficiente para seguir adiante com a gestação: os pastos estão cobertos por uma grossa camada de neve há meses.
Nossa equipe de Manejo de Desastres está no país asiático, trabalhando junto ao governo e outras instituições. Depois de avaliar as áreas mais afetadas, começamos a levar abrigo para aproximadamente 2.000 famílias. A ação, realizada em conjunto com a Cruz Vermelha e a IFRC, irá beneficiar 160.000 animais – incluindo ovelhas, cabras, vacas, cavalos e camelos.
Você também pode ajudar a proteger os animais da Mongólia e as famílias que dependem deles. Ajude-nos a compartilhar esta notícia.

Juntos, vamos mover o mundo para proteger os animais.

Um abraço,
World Animal Protection

Aulas sem crueldade

usp_newsletter.jpg

Professora da USP revoluciona ensino de técnicas cirúrgicas e é premiada pela World Animal Protection.

Você sabia?

gato_newsletter.jpg

Os gatos são bons para o meio ambiente e para o seu colesterol. Pelo menos, é o que dizem os pesquisadores.
Somos World Animal Protection
Erradicamos o sofrimento desnecessário dos animais.
Influenciamos as autoridades para que coloquem os animais na agenda global.
Ajudamos o mundo a entender a importância dos animais para todos nós.
Inspiramos as pessoas a melhorar a vida dos animais.
Movemos o mundo para proteger os animais.
World animal protection
 
World Animal Protection – Pr

Nenhum comentário: