sexta-feira, 23 de maio de 2014

Os Tubarões Devem Ser Temidos?

Publicado . em Animais
É bem comum vermos placas que alertam o perigo de ataque de tubarão na orla de Boa Viagem, em Recife. Mas será mesmo que os tubarões devem ser tão temidos?
Uma das espécies encontradas em Recife, é o Tubarão-tigre, chega a medir até 6 m de comprimento, possui mandíbulas fortíssimas, capazes de exercer pressão de até 140 quilos por centímetro quadrado.
Este predador tem em sua dieta animais como peixe, focas, tubarões menores, lulas e até tartarugas. Além disso, ele costuma engolir objetos humanos com frequência e já foram encontradas botas, latas de conserva e pedaços de pneus no seu trato digestivo.
Como você leu, o ser-humano não está no cardápio dos tubarões. Mas então por que temos que manter distância deles?
Algumas mordidas de tubarão são apenas de natureza exploratória. Tal como outros animais, os tubarões estão curiosos sobre os objetos não identificados em seu ambiente e que tomará medidas para aprender mais sobre eles. Como eles não têm mãos, os tubarões dão pequenas mordidas, que para nós é o suficiente para lesionar seriamente nossos membros.
Este é o método que eles têm para sondagem direta de novos objetos. Isto é ainda mais evidenciado pelo fato de que quando os seres humanos são atacados, membros decepados quase nunca são comidos.
Curiosidades
Os tubarões perdem em média 6.000 dentes por ano e chegam a perder 30.000 durante toda sua vida.
Qual o motivo de ataques a banhistas?
Especialistas especulam que vários ataques podem ser manifestações de agressão contra seres humanos a quem vêem como uma ameaça à sua comida ou território. Geralmente acontece em ambientes onde há desequilíbrio ecológico ou em maré alta, quando a água está turva.
Quais os cuidados que preciso ter no mar?
1- É altamente recomendável evitar o mergulho em horários de maré alta.
2- Evite o mergulho se estiver com sangramentos.
3- Não use objetos brilhantes ao entrar no mar.
4- Procure o guarda-vidas assim que chegar à praia e, dentro do possível, ficar próximo dele.
5- Converse com o guarda-vida, pergunte onde é o lugar mais seguro para nadar e quais são os riscos do local.
6- Nunca entrar na água após ingerir bebida alcoólica.
7- Nadar ou brincar no mar depois de comer também não é recomendado, sob risco de congestão.
8- Água sempre abaixo da cintura. Uma frase sempre repetida por salva-vidas é: “Água no umbigo, sinal de perigo!”.
O mar não é nosso habitat natural, mas sim dos tubarões. Temos então que tomar todas as precauções necessárias para que nosso passeio seja só diversão!
Veja agora o vídeo de um tubarão-branco, o maior e mais temido predador dos mares, e a Ocean Ramsey, mergulhadora profissional que decide provar que nem sempre esta espécie representa perigo:


Fonte: Eu Recife.

Nenhum comentário: