sexta-feira, 7 de julho de 2017




Resumo diário de notícias selecionadas
dos principais jornais, revistas, sites especializados e blogs,
além de informações e análises direto do ISA
 
 
HOJE:
Amazônia, Áreas Protegidas, Código Florestal, Energia, Garimpo, Ibama, Mudanças Climáticas, Povos Indígenas, Saneamento
Ano 17
07/07/2017

 

Direto do ISA

 
  Ministro Luiz Fux liberou para julgamento as quatro ações contra lei de 2012. Data de julgamento depende agora de presidente da corte - Direto do ISA, 7/7.
  Órgão considera incidente como "atentado" e suspeita de madeireiros ilegais - Direto do ISA, 7/7.
  
 

Energia

 
  O governo calcula que deve arrecadar R$ 30 bilhões com a venda das usinas antigas da Eletrobrás. Desse total, R$ 10 bilhões devem ajudar no cumprimento da meta fiscal de 2018, que é de déficit de R$ 129 bilhões, e podem estar no Orçamento do ano que vem. A expectativa é de que os editais fiquem prontos no primeiro trimestre do ano que vem, a tempo de leiloar essas usinas ao longo do ano. A proposta apresentada pelo Ministério de Minas e Energia prevê que os recursos oriundos da venda desses empreendimentos sejam divididos igualmente entre Tesouro, Eletrobrás e consumidores, por meio de abatimento na Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), uma taxa cobrada na conta de luz que serve para pagar subsídios e programas sociais. Essa divisão tem o apoio da área econômica do governo - OESP, 7/7, Economia, p.B5.
  O governo federal detalhou, ontem, a mais ampla reforma na regulamentação no setor elétrico nacional desde 2012 e que pode resultar em um aumento de até 7% na conta de luz de todos os brasileiros. O Ministério de Minas e Energia propõe uma série de alterações no marco legal do setor no país, que serão discutidas agora por investidores e consumidores. A consulta pública ficará aberta por 30 dias, e o resultado das contribuições estará em um projeto de lei ou medida provisória que o governo prevê publicar em setembro. O governo também encontrou uma forma de resolver os contratos com termelétricas no Nordeste. Mais poluentes, essas usinas têm um custo de operação muito alto, o que tem impacto no preço das tarifas quando precisam ser acionadas. Pela proposta, os contratos poderão ser rescindidos. No lugar dessas usinas, o governo pode contratar fontes limpas de energia, como eólica e solar - O Globo, 7/7, Economia, p.26.
  O Brasil registrou recorde de produção diária de energia eólica, na terça-feira, com um total gerado de 6.704 megawatts (MW) médios. O volume superou a marca anterior, ocorrida na segunda-feira, de 6.280 MW médios, que, por sua vez, tinha ultrapassado o recorde obtido em 6 de novembro de 2016, de 5.817 MW médios. O total de energia eólica produzido na terça-feira equivale a 11,42% do total gerado pelo país no mesmo dia. De acordo com cálculos do consultor Humberto Viana Guimarães, o montante produzido por parques eólicos na terça-feira, se fosse destinado somente para consumidores residenciais, teria sido suficiente para abastecer mais de 20 milhões de residências por um mês. O Brasil deve receber investimentos de R$ 12,5 bilhões em geração solar até o fim de 2018, projeta a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) - Valor Econômico, 6/7, Brasil, p.A2.
  
 

Ibama

 
  Um caminhão-cegonha carregando oito viaturas que seriam entregues ao Ibama no Pará foram incendiadas na madrugada desta sexta-feira, 7, na BR-163, na região de Castelo dos Sonhos, sudoeste do Estado. As caminhonetes, já adesivadas com o logo do Ibama, iriam substituir veículos mais velhos do órgão usados para fiscalização, mas ficaram completamente destruídas. Ainda não há informações sobre feridos. A Polícia Federal está indo para a região investigar o que está sendo considerado pelo Ibama como um atentado contra o órgão. A presidente do instituto, Suely Araújo, determinou o bloqueio das serrarias de Novo Progresso e entono, maior cidade daquela região. Nos últimos dias, a rodovia tem sofrido bloqueios diários por parte de produtores rurais que pedem o envio ao Congresso de projeto de lei que reduza a área da Floresta Nacional de Jamanxim, localizada à margem esquerda da rodovia - OESP, 7/7, Sustentabilidade.
  
 
Imagens Socioambientais

Nenhum comentário: