segunda-feira, 24 de julho de 2017

Museu do Amanhã chega a dois milhões de visitantes

Pesquisa revela que 78% deles mudariam hábitos com relação ao meio ambiente após a visita
Um dos maiores ícones turísticos do país, o Museu do Amanhã completa um ano e sete meses de operação e supera a marca de dois milhões de visitantes. Os motivos para comemoração, porém, vão além, pois o Museu se consagra como um poderoso agente transformador socioambiental, principalmente pelo conteúdo exibido na Exposição Principal e em sua programação. É o que revela a pesquisa mais recente realizada com seus visitantes: 78% dos entrevistados disseram estar dispostos a mudar seus hábitos e adotar práticas sustentáveis em seu cotidiano, após visita ao Museu.
Sucesso de público e visitação, o Museu do Amanhã, apresenta-se como um espaço democrático, de acesso a públicos com perfis diversos e como referência em inclusão social. Nestes 587 dias de funcionamento, superou marcas, conquistou recordes, premiações internacionais e tornou-se cartão de visitas do Rio de Janeiro e do Brasil. A pesquisa realizada pela instituição em junho deste ano, com 800 visitantes, ratifica esse importante papel transformador do Museu: quando questionados sobre os desafios da sustentabilidade, as mulheres e os jovens foram os que se mostraram mais motivados a repensar seus hábitos em favor de um futuro melhor para o planeta.
De acordo com a pesquisa, o público feminino representa 59% dos visitantes. Pelo menos 80% das mulheres que visitaram o Museu admitem mudar seus hábitos em favor do meio ambiente. Ante ao mesmo questionamento, 73% dos entrevistados do sexo masculino se mostraram dispostos a modificar seus hábitos por um planeta mais sustentável. Entre os jovens de até 24 anos de ambos os sexos, a receptividade para uma mudança de comportamento se mostrou ainda maior: 90% deles estariam dispostos a mudar a forma como vivem se isso trouxer benefícios ao futuro do planeta.
“A pesquisa aponta que estamos no caminho certo, e coroa um esforço do Museu do Amanhã em aliar inovação e sustentabilidade, e de projetar uma ligação do Museu com o mundo e do mundo com o seu próprio amanhã. Por isso a responsabilidade em levar ao público uma programação de alto nível e que cumpra esse papel”, afirma o diretor de Desenvolvimento de Públicos do Museu do Amanhã, Alexandre Fernandes.
A experiência de visitação no Museu recebeu nota 9,3 dos visitantes, numa escala de 0 a 10. Entre os moradores do Estado do Rio de Janeiro, a avaliação do Museu do Amanhã sobe para 9,6. “Queremos ser mais do que um espaço de entretenimento e conhecimento. O nosso objetivo é provocar hoje uma reflexão sobre o amanhã que queremos, e quais são as mudanças de atitude que podem levar a isso. O futuro depende das escolhas que fazemos hoje. Por isso dizemos que o amanhã é hoje e hoje é o lugar da ação. E as pessoas estão começando a agir. Sobretudo os mais jovens. Essa é uma de nossas maiores recompensas”, finaliza o diretor-geral do Museu do Amanhã, Ricardo Piquet.
Museu do Amanhã em números
O Museu do Amanhã foi inaugurado em 17 de dezembro de 2015. No primeiro fim de semana de funcionamento foram 36 horas de ininterruptas e 25.473 visitantes circularam pela Exposição Principal. De lá para cá, a dedicação da equipe do Museu cresceu junto com os números.
  • Cerca de 2 milhões de visitantes em julho de 2017;
  • Mais de 10 reconhecimentos internacionais – entre premiações, menções honrosas e homenagens de organizações do setor, conferências e seminários especializados nos mais variados países;
  • 1ª colocação entre os lugares do Brasil mais fotografados no Instagram em 2016 com base em geotags;
  • 36 horas de funcionamento ininterrupto no primeiro fim de semana de funcionamento, com 25.473 visitantes;
  • 80 mil pessoas recebidas pelo Programa de Educação, das quais cerca de 42 mil são alunos das redes pública e particular em 2016;
  • Cerca de 2.400 grupos atendidos em experiências mediadas;
  • Cerca de 1.100 grupos escolares recebidos;
  • Pesquisa de público realizada pelo Museu em julho de 2017: 98% de aprovação, 91% aprova o atendimento e 12% – cerca de 100 mil visitantes – nunca haviam estado antes em um museu;
  • Cerca de 5.105 pessoas com deficiência já visitaram o Museu;
  • 20 exposições temporárias;
  • 234 atualizações com novas informações, imagens e vídeos na Exposição Principal;
  • Observatório do Amanhã: 49 artigos publicados, 83 palestras realizadas, 13 exposições virtuais e mais de 6.500 mil pessoas nos cerca de 139 eventos realizados;
  • Laboratório de Atividades do Amanhã: 32% dos visitantes do Museu conheceram o LAA, suas atividades e exposições.
Acesse programação completa: www.museudoamanha.org.br/pt-br/programacao
  • to ininterrupto no primeiro fim de semana de funcionamento, com 25.473 visitantes;
  • 80 mil pessoas recebidas pelo Programa de Educação, das quais cerca de 42 mil são alunos das redes pública e particular em 2016;
  • Cerca de 2.400 grupos atendidos em experiências mediadas;
  • Cerca de 1.100 grupos escolares recebidos;
  • Pesquisa de público realizada pelo Museu em julho de 2017: 98% de aprovação, 91% aprova o atendimento e 12% – cerca de 100 mil visitantes – nunca haviam estado antes em um museu;
  • Cerca de 5.105 pessoas com deficiência já visitaram o Museu;
  • 20 exposições temporárias;
  • 234 atualizações com novas informações, imagens e vídeos na Exposição Principal;
  • Observatório do Amanhã: 49 artigos publicados, 83 palestras realizadas, 13 exposições virtuais e mais de 6.500 mil pessoas nos cerca de 139 eventos realizados;
  • Laboratório de Atividades do Amanhã: 32% dos visitantes do Museu conheceram o LAA, suas atividades e exposições.
Acesse programação completa: www.museudoamanha.org.br/pt-br/programacao

Nenhum comentário: