quinta-feira, 6 de abril de 2017

Decapitados enquanto estão conscientes

Queridos amigos da Avaaz,

Ativistas corajosos instalaram câmeras secretas em matadouros e filmaram animais sendo cortados, esquartejados e decapitados enquanto ainda estavam vivos e conscientes!

Cientistas já provaram que muitos animais têm o nível de emoções e consciência semelhante ao das crianças. É hora de parar de torturá-los dessa forma doentia.

Felizmente, as filmagens secretas forçaram os governos da França e de Israel a exigir vigilância desses lugares 24 horas por dia, e podemos fazer com que essa estratégia genial seja adotada globalmente. Se todo mundo contribuir agora, a Avaaz poderá comprar câmeras e financiar jornalistas para obter as imagens secretas que, em seguida, vamos denunciar na imprensa, forçando governos a proibir essa violência e a proteger os animais em todos os lugares.

Doe para usarmos vídeos a fim de parar a crueldade nos matadouros:

É pouco dizer que ficamos de coração partido ao ver o medo e a dor nos olhos de uma vaca quando ela é brutalmente levada à tortura e morte. Os animais não são sedados nem entorpecidos antes do abate, o que levaria só alguns segundos, em locais onde a preocupação é apenas em matá-los mais rapidamente para lucrar um pouco mais. Isso é desumano e deve acabar.

Na França, ativistas colocaram câmeras em um matadouro que afirmava "cuidar dos animais". As imagens, porém, mostraram que eles nem sequer eram dopados antes do abate. De tão chocantes, os vídeos inspiraram uma campanha nacional que acarretou na decisão de exigir câmeras nos criadouros e matadouros que fornecem carne para consumo, com avaliação das imagens por especialistas em bem-estar animal.

Não importa se comemos carne ou não; leis deste tipo acabam com a violência desnecessária e garante que nossos alimentos venham de fazendas e frigoríficos seguros.

Se colocarmos esse plano em ação rapidamente, será possível aprovar leis deste tipo em toda a União Europeia e, em seguida, proteger animais nos Estados Unidos, Canadá, Brasil e ao redor do mundo. Poderemos começar imediatamente, com apenas algumas câmeras e a ajuda de nossos parceiros jornalistas e defensores dos direitos dos animais, se cada um doar uma pequena quantia hoje!

Cada vez que conseguimos reconhecer a sensibilidade dos animais, nos aproximamos de um mundo onde é restaurada a harmonia entre nós e a natureza. Nossas campanhas já ajudaram a garantir corredores ambientais para elefantes e orangotangos, a reduzir seriamente a caça às baleias e marcou o início do fim de uma brutal matança de cachorros. Esta é a nossa chance de usar a força da lei para acabar com o sofrimento intolerável dos animais mais explorados pelos seres humanos.

Com esperança e respeito por todos nesse movimento incrível,

Emma, Alice, Nataliya, Danny, Luca, e toda a equipe da Avaaz

MAIS INFORMAÇÕES

França exigirá câmeras em abatedouros de animais a partir de 2018 (RFI)
http://br.rfi.fr/franca/20170113-franca-exigira-cameras-em-abatedouros-de-animais-partir-de-2018

Vídeo revela maus tratos em matadouro francês (G1)
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/02/video-revela-maus-tratos-em-matadouro-frances.html

Brasil se assusta com carne que chega à mesa, mas fecha os olhos para forma do abate (The Intercept)
https://theintercept.com/2017/03/17/brasil-se-assusta-com-carne-que-chega-a-sua-mesa-mas-fecha-os-olhos-para-discussao-sobre-abate/

Israel vai instalar câmeras em abatedouros para prevenir crueldade (Haaretz) (em inglês)
http://www.haaretz.com/israel-news/.premium-1.694463

Nenhum comentário: