sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Especialistas decidem sacrificar baleia franca encalhada em praia no Litoral Sul de SC

A baleia franca encalhada na praia de Itapirubá, em Laguna, no Litoral Sul de Santa Catarina, será sacrificada na noite desta sexta-feira (10/setembro/2010), depois de agonizar durante quatro dias. O procedimento é para aliviar o sofrimento do animal, que está em estado de choque.

Os preparativos começaram às 18h. Será aplicado um anestésico para o animal relaxar e, depois de meia hora, é feita a eutanásia, de acordo com informações da assessoria do Projeto Baleia Franca.

A eutanásia estava sendo cogitada desde quarta-feira. O mamífero não se move mais e apenas respira. Segundo a diretora de pesquisa do Projeto Baleia Franca (PBF), Karina Groch, a morte natural aconteceria em, no máximo, dois dias.

A Polícia Militar Ambiental foi avisada da situação da baleia na terça-feira. Desde então, o animal tem sido alvo de preocupação dos especialistas e atraído curiosos para a beira da praia de Itapirubá.

Foram feitas tentativas de resgate da baleia, sem sucesso. A remoção com a ajuda de um barco rebocador foi descartada, por conta da dificuldade operacional e risco à integridade do mamífero, que mede 15m80cm e pesa entre 40 e 50 toneladas.

A carcaça da baleia franca deve ser enterrada na região do encalhe, conforme informações da assessoria do PBF. Biológos da unidade de zoologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) farão coleta de material para estudo.

FONTE : Diário Catarinense, 10/9/2010

Nenhum comentário: