quarta-feira, 24 de junho de 2015

ZOOLÓGICO DE BERLIM : Mãe do urso-polar Knut será morta

24 de junho de 2015 

Por Augusta Scheer (da Redação da ANDA)
Urso polar Knut no zoológico de Berlim (Foto: Reprodução Internet)
Urso polar Knut no zoológico de Berlim (Foto: Reprodução Internet)
Com quase 30 anos, Tosca, a mãe de Knut, será morta segundo decisão de uma comissão de ética. Há quatro anos, a ursa-polar Tosca e seu filhote Knut se transformaram em celebridades peludas no Zoológico de Berlim, atraindo massas de visitantes curiosos. Nesse meio tempo, a ursa perdeu a visão e passou a vagar trôpega pelo curral onde vive. Por isso, uma comissão de ética formada por veterinários, tratadores e curadores decidiu que Tosca será assassinada. As informações são do Morgenpost.
A ursa-polar chegou à idade de 30 anos, como é típico para sua espécie. Originária do Canadá, passou muitos anos no circo estatal da extinta Alemanha Oriental. Vive no Zoológico de Berlim desde 1998. Nas últimas semanas, suas condições de saúde pioraram muito: cega e surda, perdeu também o olfato e não consegue mais encontrar a comida fornecida pelos tratadores. A ursa não sai de seu curral há duas semanas.
“Nós partimos do pressuposto que as condições de vida da Tosca não vão melhorar e queremos poupá-la do sofrimento desnecessário. Por isso decidimos sacrificar a ursa-polar”, diz o diretor do Zoológico, Andreas Knieriem. No Zoológico de Berlim restará uma outra fêmea de urso-polar aprisionada, Katjuscha, que também já tem 30 anos de idade. Quando essa última fêmea morrer, o Zoológico estudará as alternativas para sua criação de ursos-polares.

Nenhum comentário: