terça-feira, 30 de junho de 2015




Resumo diário de notícias selecionadas
dos principais jornais, revistas, sites especializados e blogs,
além de informações e análises direto do ISA
 
 
HOJE:
Água, Amazônia, Belo Monte, Biodiversidade, Desenvolvimento Sustentável, Mudanças Climáticas, Poluição do Ar, Povos Indígenas
Ano 15
30/06/2015

 

Direto do ISA

 
  Em entrevista, o líder indígena Carlos Nery cobra a implantação de políticas que respeitem a diversidade dos sistemas de produção indígena e denuncia que as atuais iniciativas governamentais estão colocando em risco um Patrimônio Cultural Brasileiro e a segurança alimentar das comunidades da região Direto do ISA, 29/6.
  
 

Mudanças Climáticas

 
  A presidente Dilma Rousseff deve anunciar nesta terça (30) na Casa Branca, após seu encontro com o presidente Barack Obama, que o Brasil reduzirá a zero o desmatamento ilegal em seu território até 2025. Ambientalistas estimam que a maior parte do desmatamento que ocorre no país, historicamente, seja ilegal. O anúncio, considerado um grande avanço pelo governo, faria cumprir a atual legislação -no prazo de dez anos- e deixaria o país em patamar próximo ao dos que assinaram, em 2014, a Declaração de Florestas de Nova York, com o compromisso de acabar com todo tipo de desmatamento até 2030. Dilma proporá também metas específicas de manejo sustentável, reflorestamento e uso de energia renovável FSP, 30/6, Mundo, p.A8; OESP, 30/6, Política, p.A6; O Globo, 30/6, País, p.4.
  "O presidente Barack Obama pretende convencer a presidente Dilma Rousseff a anunciar meta ambiciosa de redução de emissões de carbono na entrevista após se reunirem hoje. Até agora, só 37 países anunciaram metas mandatórias - incluindo China, EUA e União Europeia, os maiores emissores. O argumento americano é que o Brasil, recordista de redução de emissões, tem um papel de liderança a desempenhar, especialmente junto a países em desenvolvimento. O fato de ser depositário da maior concentração de biodiversidade da Terra e potência agrícola, reforça a convicção, no governo Obama, de que o Brasil tem não só a oportunidade como a responsabilidade de ser proativo", artigo de Paulo Sotero OESP, 30/6, Política, p.A6.
  
 

Água

 
  Anunciada há cerca de oito meses pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) como uma das soluções para a crise hídrica paulista, a construção de duas Estações de Produção de Água de Reúso (Epar) foi adiada pela Sabesp. O projeto de tratar 3 mil litros por segundo de esgoto para aumentar a oferta de água para abastecimento havia sido prometido para o fim deste ano, mas agora não tem prazo para sair do papel. Segundo a Sabesp, "a postergação do projeto não tem nenhuma relação com corte de investimento em saneamento". Após registrar queda de R$ 1 bilhão em seu lucro em 2014, a estatal anunciou redução de 26% nos investimentos previstos para 2015 em relação ao ano passado. Só em coleta e tratamento de esgoto, o corte será de 55% OESP, 30/6, Metrópole, p.A12.
  
 

Desenvolvimento Sustentável

 
  O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) iniciou ontem uma série de debates e seminários para estabelecer parâmetros para medir os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e das 169 metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU). Os ODS deverão orientar as políticas nacionais e as atividades de cooperação internacional nos próximos 15 anos (Agenda de Desenvolvimento Pós-2015), sucedendo os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). O objetivo do encontro é estabelecer indicadores que consigam acompanhar o avanço das metas estabelecidas internacionalmente. Essa é a terceira etapa para a definição dos objetivos. Em março, durante Assembleia Geral da ONU, o documento com os indicadores que medirão a evolução dos países será apresentado Valor Econômico, 30/6, Brasil, p.A2.
  "Comparado à Declaração do Milênio, que definiu os objetivos do período anterior (os ODM para 2000-2015), esse rascunho traz imensos avanços políticos e cognitivos, só que misturados a sérias demonstrações de insensatez. Nenhum objetivo de desenvolvimento (seja sustentável ou não) terá uma mínima chance de ser atingido se não contar com instituições pacíficas, eficazes, responsáveis e inclusivas, que promovam acesso à justiça para todos. Isto é verdade mesmo para nações sem democracia política. Não há como se acabar com pobrezas, fomes e desigualdades sem paz e razoável funcionamento do poder Judiciário", artigo de José Eli da Veiga Valor Econômico, 30/6, Opinião, p.A15.
  
 

UHE Belo Monte

 
 
"Sobre a coluna 'Belo Monte de atraso' ('Saúde+ciência', 28/6), informo que a Norte Energia investiu R$ 3,092 bilhões nas condicionantes das obras da usina. A própria coluna constata que Altamira tinha 'zero saneamento', mas 'agora há 220 km de tubulações [...], 170 km para distribuição de água'. A empresa fará, com a prefeitura, a ligação das casas. 'Atraso': o sítio da usina que gerará 97% da capacidade instalada iniciará no prazo (março/2016). Da Lava Jato, só ilações: conforme o juiz Sergio Moro, os depoimentos do delator foram vagos, 'sem discriminar possíveis beneficiários das propinas ou de operadores'", carta de Jorge Herberth, gerente de Comunicação da Norte Energia (Altamira, PA) OESP, 30/6, Painel do Leitor, p.A3.
  
 
Imagens Socioambientais

Nenhum comentário: