terça-feira, 10 de março de 2009

Florestas podem criar 10 milhões de novos empregos


Especialistas dizem que gerenciamento de áreas degradadas, setor agro-florestal e replantio podem revitalizar economias locais e nacionais.

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, informou, nesta terça-feira, que o gerenciamento florestal sustentável pode ajudar a criar 10 milhões de novos postos de trabalho.

A afirmação é do diretor-geral assistente da FAO para o Departamento de Florestas, Jan Heino. Segundo ele, a iniciativa levaria ao combate do efeito estufa e da pobreza ao mesmo tempo.

Cenário

De acordo com a Organização Mundial do Trabalho, OIT, o desemprego mundial deverá subir de 179 milhões em 2007 para 198 milhões neste ano.

Num cenário mais pessimista, 2009 eliminaria até 230 milhões de empregos.

Para a FAO, o investimento na economia verde, levará a oportunidades nos setores agro-florestal, de gerenciamento de áreas de lazer, desenvolvimento sustentável e de replantio de florestas degradadas.

Proposta

As atividades ajudariam a revitalizar economias locais e nacionais

A agência da ONU informou ainda que vários países incluindo os Estados Unidos e a Coréia do Sul já incluíram gerenciamento de florestas em seus pacotes de estímulo fiscal.

A proposta de criação de postos de trabalho na economia verde deverá ser debatida pela FAO na próxima segunda-feira durante a abertura da Semana Mundial de Florestas, na sede da organização, em Roma, na Itália.
******************************************************
FONTE : Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York (Envolverde/Rádio ONU)

Nenhum comentário: