sábado, 21 de março de 2009

Especialistas indicam ações para a exploração do Aquífero Guarani


Um documento de 36 páginas, com contribuições de especialistas de vários Estados brasileiros, além da Argentina, do Uruguai e do Paraguai, traz as conclusões e recomendações do II Congresso Aquífero Guarani, realizado de 4 a 7 de novembro de 2008, na cidade de Ribeirão Preto, interior do Estado.

O documento traz um diagnóstico do aquífero e analisa a sua geometria, passando por questões como a hidrogeologia, hidroquímica, balanço hídrico e outras. Resultado de amplas discussões ocorridas durante o congresso, cujo foco foram os novos conhecimentos resultantes de estudos sobre a área de ocorrência, potencialidades e condições de utilização do aqüífero, o trabalho traz ainda diretrizes para a utilização sustentável e proteção dessa reserva hídrica e um plano de ação para a sua gestão.

Os assuntos foram debatidos em “workshops” e reuniões plenárias por representantes de órgãos públicos e entidades da sociedade civil dos estados de Goiás, do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul, de Minas Gerais, do Paraná, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e de São Paulo, abrangidos pelo Sistema Guarani, com o objetivo de buscar linhas comuns de utilização e proteção do aquífero. Representantes do Uruguai, do Paraguai e da Argentina também ofereceram as suas contribuições.

Confira a íntegra do texto - http://www.ambiente.sp.gov.br/2_con_aqu_gua_02_02_09.pdf
************************************************
FONTE : (Envolverde/Governo do Estado de São Paulo)

Nenhum comentário: