sábado, 8 de maio de 2010

11% das aves migratórias estão em perigo

Mundo comemora neste fim de semana 8/9 de maio de 2010) o "Dia Mundial das Aves Migratórias"; 40 países celebram a data, que tem como tema prevenir a extinção desses passáros.

O mundo celebra neste sábado e domingo o Dia Mundial das Aves Migratórias e neste ano, o tema das comemorações é: "Salve as aves migratórias em crise - cada espécie conta!". Segundo o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, entre todas as espécies conhecidas de passáros, por volta de 19% são migratórias, sendo que 11% delas estão sob ameaça de extinção.

O Pnuma destaca que as espécies migratórias enfrentam uma série de perigos criados pelo homem: a agricultura está degradando habitats naturais e o crescimento urbano, a poluição e a mudança climática são ameaças significativas para essas aves. O maçarico de bico fino, a íbis eremita, o albatroz dos Gálapagos e o periquito de barriga laranja correm risco de extinção.

Vários eventos comemorativos serão realizados no fim de semana em 40 países, incluindo festivais de pássaros, programas educacionais e uma competição internacional de fotos. O Pnuma reforça que o foco do Dia Mundial das Aves Migratórias é lembrar governos que é preciso fazer mais para conservar essas espécies. As aves em risco são encontradas em territórios de todo o mundo.
******************************
FONTE : Leda Letra (Rádio ONU, parceira da EcoAgência)

Nenhum comentário: