sábado, 28 de novembro de 2009

Grandes Expedições à Amazônia Brasileira

O Livro apresenta informações de maneira organizada nos meandros das incursões amazônicas, com notável qualidade de pesquisa e texto de João Meirelles Filho

Grandes Expedições à Amazônia Brasileira é uma inédita síntese textual e iconográfica sobre uma região que combina fascínio, cobiça, esperança, devaneio e aventura. O livro, recém-lançado pela editora Metalivros, destaca-se pela quantidade e diversidade de viagens, a riqueza das narrativas e os registros materiais (são cerca de 280 imagens, entre mapas, desenhos, fotografias ou coleções).

O texto do especialista João Meirelles Filho resulta de quase vinte anos de pesquisa histórica e envolvimento em iniciativas de educação, sustentabilidade ambiental e responsabilidade social na região amazônica. A obra, de 244 páginas, tem tiragem inicial de 3.000 exemplares.

O projeto, concebido pelo autor em conjunto com o editor Ronaldo Graça Couto, adota a estratégia de restringir o tema do ano de 1500 até as viagens de Rondon nos anos 1930 – visto que a partir disso a quantidade de expedições se multiplica exponencialmente em busca de riquezas, pesquisas de toda sorte ou mesmo de aventuras. “É a primeira obra a tratar do legado dessas incursões que tanto fizeram evoluir o conhecimento sobre a Amazônia localizada em território nacional”, diz Ronaldo da Graça Couto.

As 42 viagens selecionadas são apresentadas em ordem cronológica, a partir do momento em que a primeira expedição européia adentra a Amazônia. Cada capítulo está organizando em igual sequência, segundo a seguinte itemização: data da expedição; contexto histórico e cultural; líder (a biografia do líder ou dos líderes); principais colaboradores; percurso; obra (produção escrita e iconográfica); e principais contribuições. Em vista dessa organização, a primeira forma de ler a obra é simplesmente seguir a cronologia apresentada. Porém cada capítulo pode ser lido, aleatoriamente, em separado, já que trata de uma única expedição.

Grandes Expedições à Amazônia Brasileira faz parte de um pacote de lançamentos da Metalivros neste final de ano. Além de Capitais do Brasil, de Eduardo Logullo, que saiu no final de outubro, estão previstos também Jardins Marinhos Tropicais, de André Seale, Instantes do Mundo, de Antonella Kann, ambos para início de novembro, e Olhar de João – Fotografias de um Príncipe do Brasil, de D. João de Orleans e Bragança e Jardins Botânicos do Brasil, de Evaristo Eduardo de Miranda, com fotografias de Fabio Colombini, esses dois para o início de dezembro do corrente.

Metalivros
A Metalivros, de Ronaldo Graça Couto e de Robert Feith, consolidou-se como realizadora de projetos artísticos, culturais, ambientais e institucionais de qualidade, produzindo obras que abordam temas como ciências naturais, arte, história e arquitetura brasileiras. Hoje, duas entre cada três de suas publicações disponíveis têm o Brasil no título. Fundada no Rio de Janeiro em 1985 e mudando-se para São Paulo em 1990, a editora, também realizadora de exposições, privilegia a diversidade natural e cultural brasileira.

SERVIÇO:
Grandes Expedições à Amazônia Brasileira (Metalivros, 2009)
Texto: João Meirelles Filhos
Idioma: português
ISBN: 978-85-85371-78-4
Preço: R$ 140,00
244 páginas
244 imagens
www.metalivros.com.br
************************************
FONTE :(Envolverde/Assessoria)

Nenhum comentário: