sexta-feira, 16 de março de 2018



Resumo diário de notícias selecionadas
dos principais jornais, revistas, sites especializados e blogs,
além de informações e análises direto do ISA


HOJE:
Amazônia, Belo Monte, Direitos Humanos, Licenciamento Ambiental, Mudanças Climáticas, Política Socioambiental, Povos Indígenas, Saúde Indígena
Ano 18
16/03/2018


Direto do ISA



Fique sabendo o que aconteceu entre 9 e 15 de março de 2018

A semana foi marcada pela vitória dos indígenas Xukuru na Corte Interamericana de Direitos Humanos. O Brasil foi condenado por violar o direito desse povo indígena à proteção judicial e à propriedade coletiva. O governo federal terá um ano e meio para garantir a retirada dos invasores da Terra Indígena e concluir o pagamento da indenização para 45 agricultores que deixaram a região. Também deverá criar um fundo de US$ 1 milhão em nome do povo Xukuru, no prazo de 18 meses - Blog do Monitoramento, 15/3.

 


Direitos Humanos



#MariellePresente

O ISA manifesta pesar e total consternação pela execução brutal da vereadora e ativista de direitos humanos Marielle Franco. Marielle foi assassinada, nesta quarta-feira (15), após denunciar com vigor toda a violência cometida contra a população das favelas e periferias nas ações de segurança pública do Rio de Janeiro. O ISA exige que este crime seja apurado em todas as instâncias competentes e apoia a formação de uma comissão independente para acompanhar o caso - Blog do ISA, 15/3.

Morte de ativista coloca Brasil sob pressão internacional

A morte da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) coloca o Brasil sob pressão na ONU e diante da comunidade internacional, após ser apontado como o local com maior número de execuções de ativistas de direitos humanos. O Estado apurou que autoridades brasileiras ignoraram comunicados sigilosos da ONU sobre ameaças contra ao menos 17 ativistas. As informações fazem parte de cartas confidenciais obtidas pelo Estado. Nenhuma foi respondida. Procurado pelo Estado, o Itamaraty não se manifestou. “Nos últimos 15 anos, o Brasil tem assistido ao maior número de assassinatos de ativistas ambientais e de terra em todo o mundo, chegando à média de uma morte por semana. Os povos indígenas estão especialmente ameaçados”, denunciaram relatores das Nações Unidas em uma carta em 2017 - OESP, 16/3, Metrópole, p.A16.

 


UHE Belo Monte



Belo Monte: 968 famílias são reconhecidas como atingidas

Numa conquista histórica, o Ibama reconheceu 968 famílias moradoras da Lagoa do bairro Independente 1, em Altamira (PA), como atingidas pela usina hidrelétrica Belo Monte - MAB Amazônia, 15/3.

 


Mudanças Climáticas



Evolução em resposta ao clima

Três artigos científicos interligados publicados nesta quinta-feira na revista “Science” relacionam mudanças climáticas e ambientais ocorridas no Leste da África há cerca de 800 mil anos atrás a alterações nos padrões de comportamento e o desenvolvimento de novas tecnologias por grupos de hominídeos caçadores-coletores que habitavam a região, em especial desde 320 mil anos atrás, época que logo precedeu ou coincidiu com o surgimento dos humanos modernos (Homo sapiens). Os achados reforçam a noção de que a evolução de nossa espécie foi influenciada na área que se acredita ter sido o “berço da Humanidade” - O Globo, 16/3, Sociedade, p.26.

 


Política Socioambiental



Ex-ministros temem extinção de pasta

A proposta ruralista de fundir os ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura, defendida pelo presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e com ecos além das fronteiras das lideranças mais conservadoras do agronegócio, causa perplexidade em ex-ministros de Meio Ambiente pelo seu potencial de retrocesso. Reportagem recente do jornal Valor Econômico relata o empenho de ruralistas em convencer o presidente Michel Temer a colocar um nome próximo às demandas do agronegócio assim que José Sarney Filho sair do cargo para concorrer ao Senado - Valor Econômico, 16/3, Política, p.A6.

Newton Cardoso Júnior: fazendo leis e bons negócios na Câmara dos Deputados

Deputado federal do MDB é autor de um projeto de lei que acaba com o licenciamento ambiental para plantações de eucalipto, beneficiando empresas da família. Essa não foi a primeira vez que Cardoso Junior legislou em benefício próprio. Ao cruzar sua atuação como parlamentar e seus negócios, a Repórter Brasil descobriu uma série de conflitos de interesses. O levantamento foi feito a partir do Ruralômetro, ferramenta que mede como a ação dos deputados impacta o meio ambiente e os povos do campo - Repórter Brasil, 16/3.

 


Povos Indígenas



Lideranças Waimiri Atroari apresentam à Justiça mapa com locais de massacres durante a abertura da BR-174

Um mapa contendo a identificação geográfica de 21 lugares de memória, considerados sagrados pelo povo Waimiri Atroari, foi apresentado por lideranças da etnia, durante audiência judicial realizada em Manaus, como parte do cumprimento de decisão liminar em ação civil pública do Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas. Na ação, o órgão requereu a reparação dos danos causados pelas violações praticadas contra o povo Kinja (como se autodenominam) durante o regime militar. A maior parte dos locais apontados foi palco de massacres durante a abertura da BR-174, no período da ditadura militar - MPF, 15/3.

 

OUTRAS NOTÍCIAS

Indígenas autorizam entrada da Funai para estudo ambiental na TI
Sabe aquela nevasca em Nova York? Põe na conta do aquecimento global
Projeto de lei garante programas de combate ao câncer à população indígena
Exército termina resgate de indígenas isolados em aldeia após enchente
Ação da Funai retira crianças indígenas de abrigos de Dourados
Migrante cidadão: a sobrevivência dos Warao em Belém e Santarém
Amazônia virou sertão
Violência na Amazônia
Um Sínodo para a Amazônia, entrevista com dom Erwin Kräutler
Acordo sobre licenciamento ambiental não existe, afirmam especialistas
MPF denuncia invasor que desmatava e vendia ilegalmente lotes de assentamento em Santarém (PA)
Diálogos sobre Manejo florestal e turismo em terras indígenas vão ser realizados no Alto Solimões

Nenhum comentário: