terça-feira, 23 de maio de 2017




Resumo diário de notícias selecionadas
dos principais jornais, revistas, sites especializados e blogs,
além de informações e análises direto do ISA
 
 
HOJE:
Amazônia, Energia, Licenciamento Ambiental, Mineração, Povos Indígenas, Resíduos Sólidos, Transporte, Política Socioambiental
Ano 17
23/05/2017

 

Política Socioambiental

 
  Ruralistas aproveitam crise política para tentar empurrar projeto que havia sido retirado de pauta depois que presidente decidiu ser fiador de proposta do Meio Ambiente Observatório do Clima, 23/5.
  Sarney Filho mandou carta ao PV avisando que não vai deixar o governo. Em 18 parágrafos, ele lista os avanços de sua gestão no Ministério do Meio Ambiente. E avisa que considera mais proveitoso ficar “e defender a causa da sustentabilidade” OESP, 23/5, Coluna de Sonia Racy, p.C2.
  No dia 24 de maio de 2017, em Buenos Aires, o governo brasileiro deverá justificar a não demarcação de Terras Indígenas. Será que dessa vez o responsável pela pasta da Justiça enviará representante? RCA, 22/5.
  "Não será fácil chegar a um tratado mundial sobre plásticos com força de lei e focado no futuro. Levará tempo e custará dinheiro, e inevitavelmente conterá brechas e terá deficiências. Certamente não solucionará, sozinho, o problema da poluição por plásticos. Mas é um pré-requisito para o sucesso. A poluição plástica é um problema definidor do antropoceno. Afinal, é um flagelo global inteiramente criado por nós - e também inteiramente ao alcance de nossa capacidade de solucionar problemas", artigo de Nils Simon e Lili Fuhr Valor Econômico, 23/5, Opinião, p.A7.
  "A mensagem dessas três notícia inquietantes: nada do que fazemos e consumimos –o combustível fóssil em nossos carros, a cocaína que americanos e brasileiros usam ou o plástico lançado na rua ou no rio– tem efeito apenas local. Há tanta gente no mundo, hoje, que a presença humana na Terra se tornou uma força cataclísmica. Sim, é verdade, cada um de nós vive no Brasil, e não no planeta inteiro. Mas não é menos verdade que habitamos o Antropoceno, a era geológica caracterizada pela consciência de que temos o poder de tornar o mundo inabitável", artigo de Marcelo Leite Folha de S.Paulo Online, 22/5.
  
 

Energia

 
  O forte crescimento da busca dos consumidores por geração distribuída está forçando as grandes empresas do setor elétrico a se posicionarem nesse segmento, tanto para aproveitar a expansão quanto para se proteger das futuras mudanças no modelo de distribuição de energia. É o caso de CPFL Energia, AES Tietê, Enel e Engie Brasil Energia, entre outras. Segundo dados da Aneel, o número de conexões de micro e minigeração distribuída superou 10 mil instalações até o início de maio, somando 113,195,48 kW. Apenas a fonte solar fotovoltaica representa 10.411 das 10.519 instalações existentes, beneficiando 11.494 unidades consumidoras, numa potência instalada de 80.406 kW Valor Econômico, 23/5, Empresas, p.B2.
  
 

Transporte

 
  A preferência dos paulistanos pelos carros particulares têm impacto não somente no trânsito da cidade, mas também sobre a qualidade do ar e o aquecimento do planeta. Análise inédita sobre a contribuição de cada modo de transporte de passageiros nas emissões de poluentes revela que os carros são responsáveis por 72,6% das emissões de gases de efeito estufa do setor, apesar de transportarem cerca de 30% dos passageiros. Valores semelhantes ocorrem para outros gases poluentes, que fazem mal à saúde. Os dados fazem parte do Inventário de Emissões Atmosféricas do Transporte Rodoviário de Passageiros no Município de São Paulo, que será lançado hoje pelo Instituto de Energia e Meio Ambiente (Iema) OESP, 23/5, Metrópole, p.A18.
  
 
Imagens Socioambientais

Nenhum comentário: