quinta-feira, 30 de março de 2017

Não, Noruega -- oficialmente bombando!

Essa campanha está oficialmente bombando! Agora a Avaaz está se preparando para entregar as assinaturas para os governos. Compartilhe isso com todos os seus amigos e familiares que ainda não assinaram a petição -- vamos fazer a maior petição já vista para proteger as baleias!


A Noruega está prestes a iniciar uma terrível tradição anual: o massacre de centenas de baleias. Mas se muitas pessoas se manifestarem agora, poderemos pressionar os governos europeus a fechar os portos para navios noruegueses, até que o país concorde em acabar com a caça destes seres sencientes e inteligentes! Já fizemos isso antes, no caso da Islândia. Acrescente seu nome e espalhe para todo mundo:
ASSINE
Queridos amigos,

Dentro de apenas alguns dias, a Noruega vai começar uma terrível tradição anual: o massacre implacável de centenas de baleias. Mas temos uma estratégia para dizer ao país: "SAIA DESSA!"

As baleias são criaturas belas e imponentes. Sabemos que elas cantam para se comunicar e sentem emoções, como os seres humanos. Apesar disso, todos os anos esses animais incríveis são caçados, mortos e destrinchados na Noruega, para fazer ração e produtos de beleza. É insuportável.

A Noruega conseguiu passar desapercebida com o título de maior país caçador de baleias. Se fizermos uma campanha como nunca antes, mostrando a grande indignação global, poderemos pressionar a Europa a fechar os portos para baleeiros noruegueses. Conseguimos fazer isso no caso da Islândia – vamos tentar de novo! Assine a petição:

Acrescente seu nome para exigir o fim da caça às baleias e dizer: Noruega, SAIA DESSA!

Nosso movimento e organizações parceiras já conseguiram que a Alemanha e a Holanda se mobilizassem para fechar seus portos para os baleeiros da Islândia, forçando um dos maiores caçadores do país a encerrar suas operações. Também pressionamos a Comissão Internacional da Baleia para reprimir a "caça científica" e ajudamos a definir uma rota para proteger 30% dos nossos oceanos até 2030.

Apesar do massacre anual que promove, a Noruega segue impune há muito tempo e, para piorar, o governo acabou de anunciar que pretende dobrar as quotas de abate! Mas a caça só é rentável se o país conseguir exportar a carne e, para enviar os carregamentos para o exterior, ele depende de portos europeus.

Vamos acabar com o comércio desses seres mágicos. Quando a petição alcançar um milhão de assinaturas, a Avaaz vai fazer uma algazarra na imprensa, até que cada porto europeu feche as portas para baleeiros. Com isso, vamos forçar a Noruega a desistir da caça às baleias de uma vez por todas. Adicione seu nome e espalhe a campanha – vamos fazer de tudo para salvar as baleias!

Acrescente seu nome para exigir o fim da caça às baleias e dizer: Noruega, SAIA DESSA!
A atual conjuntura segue na direção de acabar com este massacre bárbaro. Mas enfrentamos o forte lobby baleeiro: precisamos ser o canto das baleias, já que elas não podem se defender. Vamos cantar tão alto que seja impossível ignorar nossa voz, e assim ajudar a acabar com a caça às baleias, para sempre.

Com esperança,

Rewan, Caroline, Diego, Allison, Emma, Danny, Alice e toda a equipe da Avaaz

MAIS INFORMAÇÕES

Maioria das baleias caçadas na Noruega é de fêmeas grávidas (O Globo)
http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/meio-ambiente/maioria-das-baleias-cacadas-na-noruega-de-femeas-gravidas-21067739

Nenhuma baleia-comum será caçada na Islândia neste verão (The Guardian) (em inglês)
https://www.theguardian.com/environment/2016/feb/25/no-fin-whales-to-be-hunted-in-iceland-this-summer

Como a Noruega tornou-se silenciosamente uma potência baleeira (CS Monitor) (em inglês)
http://www.csmonitor.com/Environment/2016/0614/How-Norway-quietly-became-a-whaling-powerhouse

Programa de caça às baleias da Noruega fica ainda mais polêmico (National Geographic) (em inglês)
http://news.nationalgeographic.com/2016/03/160331-norway-minke-whaling-fur-farms/

Congelada no tempo - Como a Noruega moderna continua apegada ao passado baleeiro (Ocean Care) (em inglês)
https://oceancare.org/wp-content/uploads/2016/07/Report_Walfang_OC_AWI_PW_Frozen-in-time_EN_2016.pdf

Nenhum comentário: