terça-feira, 26 de outubro de 2010

Ambientalista denuncia na Rádio Senado destruição do cerrado no Piauí

O programa Sintonia Ambiental, da Rádio Senado, apresenta, neste final de semana, entrevista com o ambientalista Judson Barros, presidente da Fundação Águas do Piauí. Judson acusa o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o governo do Piauí e a Advocacia Geral da União de não tomarem providências contra o desmatamento do cerrado do Sul do Piauí, induzido pela queima de lenha originária de vegetação nativa pela empresa Bunge.

Segundo Judson, mesmo diante de decisão da Justiça Federal determinando a suspensão da queima de madeira do cerrado pela Bunge, o Ibama, o governo do estado e a Advocacia Geral da União não deixaram de apoiar a multinacional no caso.

O Sintonia Ambiental mostra ainda o trabalho de recuperação de uma área degradada, realizado por um pequeno sitiante do Distrito Federal, Eugênio Giovenardi.

O programa vai ao ar no domingo, na Rádio Senado Ondas Curtas (5.990 Khz, faixa de 49 metros), às 6h30.

A Rádio Senado pode ser sintonizada nos prefixos: FM 91,7 MHz (Brasília); FM 106,9 (Natal); FM 102,5 (Cuiabá); FM 103,3 (Fortaleza); e Ondas Curtas (OC) 5.990 kHz faixa de 49m. As atrações da rádio também podem ser acessadas na internet.
*************************
FONTE : Laércio Franzon, da Agência Senado (Envolverde/Agência Senado).

Nenhum comentário: