segunda-feira, 22 de agosto de 2016

SOS Mata Atlântica lança documentário sobre novo Código Florestal

Com direção de André D’Elia, curta-metragem mostra porque Caxias do Sul se tornou referência no país na implementação do Cadastro Ambiental Rural (CAR). 
Desde esta quinta-feira (18), está disponível no YouTube o curta-metragem “Cumpra-se: 4 Anos do Novo Código Florestal e o Cadastro Ambiental Rural”, documentário que aborda o processo de implementação do CAR em Caxias do Sul (RS). Realizado pela Fundação SOS Mata Atlântica e com direção de André D’Elia o vídeo tem como cenário as propriedades rurais do município gaúcho, considerado referência nacional em políticas públicas neste setor. O curta-metragem está disponível no canal da SOS Mata Atlântica no YouTube.

Caxias do Sul se destaca no cumprimento do novo Código Florestal por ter posto o cadastramento e a preservação dos remanescentes florestais efetivamente em prática. Com a adesão da maior parte dos produtores rurais da cidade, responsáveis por 70% da produção de hortifrútis do Rio Grande do Sul, o programa conseguiu rapidamente superar 3 mil inscrições e deve alcançar a totalidade de propriedades em pouco tempo.
Mario Mantovani, diretor de Política Públicas da Fundação SOS Mata Atlântica, explica no vídeo que o processo para implantar o cadastramento na região não foi fácil. A cidade, que é reconhecida pela rica plantação de uva e maçã e pela agroindústria familiar, recebia informações distorcidas sobre a iniciativa. “Diziam que iríamos impedir a atividade e a produção das frutas. O que mostramos a eles foi justamente o oposto, ou seja, que o meio ambiente não impede nada, ele é a favor da proteção e do desenvolvimento”.
Segundo o diretor André D’Elia, o município percebeu a importância da iniciativa também para a manutenção das culturas e tradições familiares. “O amor que as pessoas têm pela propriedade rural, na qual seus pais e avós trabalharam, faz com que elas queiram agir da maneira correta, trazendo o que há de melhor para suas terras”, afirma D’Elia. Em outro documentário, chamado “A Lei da Água”, o diretor já havia abordado os impactos do novo Código Florestal, relacionando o tema à crise hídrica brasileira.
O filme tem como objetivo principal ser utilizado para fomentar debates, mobilizações e avaliações da sociedade e instituições sobre a implementação parcial de dispositivos do Código Florestal, mesmo com todas as controvérsias que envolvem essa Lei. Interessados em promover cine-debates sobre o tema devem entrar em contato pelo e-mail contato@sosma.org.br.
Sobre o CAR
O CAR é um instrumento legal que auxilia no processo de regularização ambiental de propriedades e na recuperação de áreas degradadas. É constituído pela delimitação das Áreas de Proteção Permanente (APP), Reserva Legal (RL), remanescentes de vegetação nativa, área rural consolidada, áreas de interesse social e de utilidade pública, com o objetivo de traçar um mapa digital a partir do qual são calculados os valores das áreas para diagnóstico ambiental.
Em maio deste ano, a SOS Mata Atlântica lançou o relatório “Novo Código Florestal nos Estados da Mata Atlântica”, que apresentou um balanço sobre a implementação do CAR nos 17 Estados do bioma e um resumo histórico da legislação florestal no país.
Sobre a SOS Mata Atlântica
Fundação SOS Mata Atlântica é uma ONG brasileira que atua há 30 anos na proteção dessa que é a floresta mais ameaçada do país. A ONG realiza diversos projetos nas áreas de monitoramento e restauração da Mata Atlântica, proteção do mar e da costa, políticas públicas e melhorias das leis ambientais, educação ambiental, campanhas sobre o meio ambiente, apoio a reservas e unidades de conservação, dentre outros. Todas essas ações contribuem para a qualidade de vida, já que vivem na Mata Atlântica mais de 72% da população brasileira. Os projetos e campanhas da ONG dependem da ajuda de pessoas e empresas para continuar a existir. Saiba como você pode ajudar em.

Nenhum comentário: