quarta-feira, 17 de agosto de 2016

CRIE para contaminar positivamente

Por Juan Piva* 
Como jornalista pela sustentabilidade, minha luta pela democratização da informação soscioambiental foi fortalecida ontem (16), com o nascimento do Jornal +Notícias Ambientais. Há sete anos, tenhodefendido esta causa em mídias de massa, ONGs ambientalistas, comunidades religiosas, entre outras ações voluntárias, mas vi neste veículo de comunicação o caminho para transição para sociedades mais sustentáveis.
Embora tenha nascido num sítio americanense, meu amor pela natureza foi identificado quando vovó me chamou para cuidar do jardim dela, quando tinha dez anos. Durante aquela ocupação, pela manhã – minha tarde era dedicada aos estudos -, crescia a sementinha ecoprofissional em meu coração. Graças a essa lida, dois anos depois, fui convidado para colaborar na horta ao lado de casa, onde também me descobri como um bom vendedor de verduras.  Aos 15, comecei a trabalhar na fábrica de aquecedores solares de um primo e, com 18, operava máquinas em uma metalúrgica local, que me remunerava com o suficiente para pagar a faculdade de Jornalismo.
Deixei a indústria para ingressar num estágio como assessor de imprensa de uma organização social de Americana, em 2010. Além de cuidar da comunicação interna e externa dela, notei em seus voluntários ambientais o melhor tema para meu TCC/livro-reportagem e desenvolvi com eles um programa de televisão sobre Meio Ambiente. Dois anos mais tarde, passei a falar sobre o assunto em uma rádio comunitária do município. Via site, redes sociais e newsletter da entidade, facilitava ainda mais o acesso público à informação ambiental.
Também fui produtor e repórter de uma emissora televisiva, mas o trabalho no terceiro setor era o que mais me satisfazia, tanto é que ingressei em outra associação ambientalista em 2014. Lá tive a liberdade de escrever e executar projetos, como um Curso de Empreendedorismo Socioambiental, que me levou para a startup social que estou hoje, a Maestrello Consultoria Linguística, permitindo-me continuar levantando a bandeira da sustentabilidade.
O ano de 2016 ainda me reservou um convite ilustre: integrar o time de colunistas do Envolverde! Este é apenas meu segundo artigo, mas a repercussão do trabalho voluntário no portal serviu como motivação para contaminar positivamente meus conterrâneos, por meio do +NA. “Informação qualificada é estruturante para um futuro sustentável”, comentou sobre o projeto, em sua página no Facebook, nosso diretor-executivo, Dal Marcondes. Outro renomado jornalista ambiental do país, Wilson da Costa Bueno, afirmou a respeito da proposta do jornal: “essa é a luta de todos nós e estamos juntos nessa; em frente e para o alto”.
Sendo assim, permitam-me riscar uma letra desta palavra – CRISE, leitores, e se engajem para também buscarem soluções inovadoras e com responsabilidade socioambiental, mesmo quando a maioria fala que, neste presente crítico e com uma perspectiva de futuro ainda mais sombrio, seus sonhos por um mundo melhor dificilmente virarão realidade. Como uma formiguinha, faça a sua parte, por menor que ela seja, para ser fonte de inspiração às demais! 
Juan Piva é graduado em Jornalismo, com especialização em Educação Ambiental e Políticas Públicas pela Esalq-USP. Iniciou sua trajetória na Comunicação Socioambiental como estagiário daOscip Barco Escola da Natureza; já como assessor de imprensa dessa organização, passou a apresentar programas de tevê e rádio, com a intenção de democratizar a informação ambiental. Hoje é colaborador da Maestrello Consultoria Linguística, onde dissemina o conhecimento para atender o interesse público, divulgando projetos educulturais e socioambientais. É coautor do livro-reportagem “Voluntariado ambiental: peça importante no quebra-cabeça da sustentabilidade”, promotor do Curso de Empreendedorismo Socioambiental, membro da Câmara Técnica de Educação Ambiental dos Comitês PCJ, jornalista responsável pelo Jornal +Notícias Ambientais e associado-fundador da Associação Mandacaru – Educação para Sustentabilidade.

Nenhum comentário: