quarta-feira, 30 de maio de 2018

Documentário que mostra impacto da pecuária na Amazônia estreia em SP

Sob a Para do Boi é um documentário revela como opera a cadeia da pecuária na Amazônia, principal vetor de desmatamento da maior floresta tropical do mundo. O filme estreia em São Paulo 31/05, em Belém 04/06, no Rio de Janeiro 07/06 e estará disponível em plataformas digitais a partir do segundo semestre de 2018.
A Amazônia tem hoje 85 milhões de cabeças de gado, três para cada habitante humano. Na década de 1970, o rebanho era um décimo desse tamanho e a floresta estava quase intacta. Desde então, uma porção equivalente ao tamanho da França desapareceu, da qual 66% virou pastagem. A mudança foi incentivada pelo governo, que motivou a chegada de milhares de fazendeiros de outras partes do país. A pecuária tornou-se bandeira econômica e cultural da Amazônia, no processo, elegendo poderosos políticos para defender a atividade. Em 2009, o jogo começou a virar quando o Ministério Público obrigou os grandes frigoríficos da região a se tornarem responsáveis por monitorar as fazendas fornecedoras de gado e não comprar daquelas que têm desmatamento ilegal. (#Envolverde)
“Sob a pata do boi” é um documentário de média metragem (49 minutos), que conta essa história. Dirigido por Marcio Isensee e Sá, o filme é uma produção do site ((o))eco, de jornalismo ambiental, e do Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia). Estréia dia 31/05, às 19h30, no Centro Cultural São Paulo, Rua Vergueiro, 1000 – Liberdade. Sessão seguida de debate com a equipe do filme. (#Envolverde)

Nenhum comentário: