quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

FLORIANÓPOLIS : Secretaria alerta para riscos das viroses

Após a morte de Mariana Tessari do Prado, 3 anos, na terça-feira, em um posto de saúde no Bairro Saco Grande, em Florianópolis, a Secretaria de Saúde da Capital fez um alerta. Quem apresentar sintomas de virose gastrointestinal não deve deixar de procurar os postos de saúde do município ou levar os filhos para receber atendimento.

Segundo o secretário de Saúde, João José Cândido da Silva, o caso da criança foi uma situação isolada, que está sendo apurada. Ele reforçou, que a população deve ficar tranquila quanto ao atendimento oferecido nas unidades e procurá-las sempre que perceber algum sintoma de virose.

– O posto do Saco Grande, onde ocorreu essa tragédia com a criança, faz mais de 100 mil atendimentos por ano e resolve mais de 90% dos casos no próprio local – afirmou.

Na semana passada, a Gerência de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde divulgou que foram registrados quase 4 mil casos de virose gastrointestinal de dezembro de 2010 a janeiro de 2011.

O alerta da Vigilância era para o encaminhamento médico imediato, principalmente das crianças, já que a desidratação, principalmente dos pequenos, é muito rápida nestes casos.

SINTOMAS
- Mal-estar, vômito, diarreia, enjoo, dor de cabeça e dor no corpo
O QUE FAZER
- Procure um médico.
- Beba bastante líquido.
- Saiba que a duração da virose pode variar de pessoa para pessoa.
- Avise a Vigilância Epidemiológica do município.
COMO EVITAR
- Beba água tratada.
- Lave bem as mãos antes de comer.
- Evite colocar as mãos sujas na boca.
- Evite comer produtos que estragam rapidamente.
- Não leve sanduíches prontos para a beira da praia.
- Evite comer alimentos vendidos na beira da praia.
************************
FONTE : Vigilância Epidemiológica de Florianópolis e Diário Catarinense (edição de 3/2/2011).

Nenhum comentário: