sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Principal evento climático em Davos

Nesta quinta-feira (25) de janeiro acontece o principal evento climático da edição deste ano do Fórum Econômico Mundial. Trata-se de um painel de alto nível, com transmissão pela internet, que debaterá como acelerar a ação climática em 2018 e que contará com a participação de líderes da política, negócios e sociedade civil (ver lista abaixo). A data do painel não poderia ser mais significativa: esta quinta é quando Donald Trump, que tirou os Estados Unidos do Acordo Climático de Paris, chega em Davos.
Na sequência dos discursos de Chefes de Estado como Modi – que chamou a mudança climática de “uma grande ameaça para a civilização humana” e enfatizou a vontade da Índia de assumir a liderança na mitigação de seus efeitos, destacando os ambiciosos objetivos de energia renovável do país e sua liderança na Aliança Solar Internacional – bem como Merkel, Trudeau e Macron, os panelistas descreverão as principais tarefas enfrentadas pelos líderes em 2018 e como os governos e atores não estatais devem acelerar a ação climática através do diálogo Talanoa nas negociações climáticas da ONU. Na semana passada, o Relatório Global de Riscos divulgado pelo Fórum identificou eventos climáticos extremos e o fracasso em mitigar as mudanças climáticas como principais riscos para 2018.
“Este é o ano para os líderes empresariais e os governos intensificarem seus esforços para resolver a crise climática. Na cúpula climática da ONU de 2018, em dezembro, os líderes mundiais devem comprometer-se a fortalecer seus objetivos climáticos nacionais. “- Al Gore, vice-presidente dos Estados Unidos (1993-2001); Presidente e Co-Fundador, Generation Investment Management; Membro do Conselho de Curadores, Fórum Econômico Mundial. (#Envolverde)

Nenhum comentário: