segunda-feira, 16 de setembro de 2019

As constelações do Rio Negro chegam a Berlim !


James,

O coração de Berlim foi palco na semana passada de uma celebração do conhecimento indígena do Alto Rio Negro (AM). No momento em que a Amazônia torna-se crise mundial devido ao desmatamento e às queimadas, o Humboldt Forum, no centro da capital alemã, exibiu em sua inauguração projeções feitas por desenhistas indígenas dos povos Tukano sobre o seu tradicional calendário anual. Saiba mais
O calendário astronômico e ecológico-econômico foi desenvolvido em oficinas com pesquisadores indígenas para fortalecer os conhecimentos indígenas, passado de geração em geração, dos mais velhos para os jovens. O manejo do mundo deve, de acordo com a sabedoria indígena, respeitar os ciclos da floresta, dos rios, nas múltiplas espécies e do clima. Os povos Tukano tem nas constelações uma orientação para acompanharem estes movimentos e definirem o trabalho a ser realizado em determinado período. Saiba mais
A projeção em video mapping (projeção mapeada) dos desenhistas indígenas do Alto Rio Negro levou a Berlim  uma amostra do que o naturalista alemão Alexander von Humboldt, cujo aniversário de 250 anos foi comemorada no último sábado 14, viu quando esteve na Amazônia, no final do século XVIII.


Damião Amaral, que participará do evento no Humboldt, em Berlim e Felix Rezende Barbosa em projeção com desenho de cobra | Thiago Oliveira

O reconhecimento e a celebração da cultura dos povos da floresta para além das fronteiras brasileiras são fundamentais, especialmente no momento em que estamos vivendo.

Precisamos valorizar o conhecimento indígena. Junte-se ao ISA! Seu apoio é fundamental para continuarmos desenvolvendo projetos como este ao lado dos povos da floresta.



Aloisio Cabalzar
Instituto Socioambiental - ISA
Mais informações sobre o ISA.
Dúvidas ou comentários, ligue (11) 3515 8975 e fale com Mariana Hessel ou escreva para
relacionamento@socioambiental.org


Nenhum comentário: