segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Reciclar prorroga inscrições para programa de desenvolvimento de jovens 4

Novo Programa Reciclar busca desenvolver jovens para empreender na vida, no trabalho e na comunidade.
Novo Programa Reciclar busca desenvolver jovens para empreender na vida, no trabalho e na comunidade. Foto: Reprodução/ Instituto Reciclar
O processo de formação inclui curso técnico em escolas de referência, na área escolhida pelo jovem, 100% custeado pela ONG.
Por Redação da Envolverde*
São Paulo, 12 de setembro de 2016 – O prazo de inscrição para o processo seletivo do Novo Programa Reciclar foi prorrogado para o dia 25 de setembro. Voltado para jovens de 15 e 16 anos que estejam cursando o 1º ano do Ensino Médio em escolas públicas da zona Oeste de São Paulo, o programa vai prepara-los para assumir o protagonismo da sua trajetória de vida e entrar no mercado do trabalho de forma mais qualificada, além de custear integralmente um curso técnico em escolas de referência.
Os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo site da instituição (www.reciclar.org.br). A seleção será realizada com o suporte de uma dinâmica plataforma tecnológica, onde os jovens são envolvidos em diferentes vivências de trabalho em equipe e busca de soluções para problemas reais da comunidade. Durante as cinco etapas virtuais e os dois encontros presenciais do processo, o participante terá a oportunidade de conhecer mais sobre si, suas habilidades e pontos de desenvolvimento.
O resultado final será divulgado em novembro e os jovens selecionados para o Novo Programa Reciclar iniciarão as atividades, no contra turno escolar, em março de 2017.
Sobre o Instituto Reciclar
O Reciclar é uma organização sem fins lucrativos, que atua, há 21 anos, desenvolvendo jovens da região oeste de São Paulo para empreender em suas vidas, no trabalho e na comunidade. Através de um modelo de atuação inovador, baseado no Aprendizado na Prática, já beneficiou mais de 500 jovens, tendo inserido 80% deles no mercado de trabalho.
(#Envolverde)
* Com informações do Instituto Reciclar.

Nenhum comentário: