segunda-feira, 9 de abril de 2018



Resumo diário de notícias selecionadas
dos principais jornais, revistas, sites especializados e blogs,
além de informações e análises direto do ISA


HOJE:
Amazônia, Arqueologia, Energia, Garimpo, Mudanças Climáticas, Pesquisa e Tecnologia, Política Socioambiental, Povos Indígenas, Terras Indígenas, Unidades de Conservação
Ano 18
09/04/2018


Unidades de Conservação



Governo federal cria mais cinco reservas e parques

Foram publicados, no Diário Oficial da última sexta-feira (6/4), os decretos de criação de cinco novas Unidades de Conservação (UCs) federais, somando cerca de 1,2 milhão de hectares, o equivalente a mais de duas vezes o território do Distrito Federal. As áreas estão na Bahia e no Maranhão e passam a proteger os biomas Amazônia, Caatinga e Costeiro - Direto do ISA, 6/4.

Natureza Viva fala sobre veto do STF à redução de parques e reservas por meio de MP

O programa Natureza Viva desse domingo (08) conversou com Maurício Guetta, advogado e assessor do Programa de Política e Direito Socioambiental do Instituto Socioambiental (ISA). A entrevista fala sobre a votação unânime do STF, 8 votos a zero, que considerou inconstitucional o uso de Medida Provisória para reduzir Unidades de Conservação, como parques e estações ecológicas - Rádios EBC, 8/4.

 


Povos Indígenas



STF defere recurso da Funai e suspende reintegração em área indígena

Operação com mais de 100 policiais foi cancelada nesta manhã (9/4). O Supremo Tribunal Federal (STF) deferiu recurso da Fundação Nacional do Índio (Funai) e suspendeu a ordem de reintegração de posse na Terra Indígena Dourados Amambaipegua I, em Caarapó, onde foi assassinado em 2016 o agente de saúde indígena Clodiodi Aquileu e Souza. - Correio do Estado, 9/4

Liderança denuncia presença superior a 5 mil garimpeiros na terra Yanomami

O líder indígena Davi Kopenawa Yanomami denunciou à Folha de Boa Vista a presença de mais de 5 mil garimpeiros na Terra Indígena Yanomami, entre os rios Uraricoera e Amajari. Ele afirmou que a atividade ilegal de garimpo tem causado prejuízos às comunidades, que vêm sofrendo com a falta de peixes devido a água poluída por mercúrio. Além disso, os que dependem da água destes mananciais para consumo, estão sujeitos a doenças e epidemias - Folha de Boa Vista, 9/4.

 


Política Socioambiental



Indústria pressiona por regras mais brandas para licença ambiental

O lobby da indústria no Congresso Nacional pressiona por alterações em pontos fundamentais do projeto de lei que pretende criar um novo sistema de licenciamento ambiental no país para diversos empreendimentos, como obras de construção civil e atividades rurais. O projeto em discussão é o do deputado federal Mauro Pereira (MDB-RS), da base aliada do Planalto, e já recebeu o carimbo de urgente, podendo ser levado ao plenário a qualquer momento pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ) - FSP, 9/4, Folha Invest, p.A25.

 


Mudanças Climáticas



Clima que afeta florestas

"Cientistas experimentais dividem o tempo entre duas tarefas. Primeiro coletam dados e em seguida os analisam para tentar entender a natureza. Ao longo da carreira de um cientista, esse ciclo se repete centenas de vezes. Mas não é todo cientista que tem o privilégio de coletar e analisar os próprios dados. Cada vez mais estamos estudando fenômenos lentos que transcorrem ao longo de enormes intervalos de tempo. Nesses casos, a atividade de coletar dados e analisá-los é feita por cientistas de diferentes gerações – a análise ocorre décadas após a coleta dos dados. Agora um estudo que acompanhou a resposta de florestas às mudanças climáticas ao longo de 20 anos foi publicado", artigo de Fernando Rainach - OESP, 7/4, Metrópole, p.A24.

Clima, robôs e velhice farão crescer imigração

Mudanças drásticas no trabalho e no clima vão impulsionar a imigração no futuro próximo, diz um dos principais pesquisadores do tema, Francisco Cos Montiel, do Instituto sobre Globalização, Cultura e Mobilidade da Universidade da ONU. “Haverá grande demanda por certas profissões, que terá que ser atendida muito rapidamente, enquanto grandes grupos verão suas habilidades profissionais substituídas ou exterminadas", entrevista com Francisco Cos Montiel - FSP, 8/4, Mundo, p.A21.

 


Energia



Apagão foi provocado por falha humana

Um blecaute registrado na tarde de 21 de março nas regiões Norte e Nordeste do país foi resultado de uma falha de um técnico da Belo Monte Transmissora de Energia (BMTE), responsável pelo linhão entre a hidrelétrica de mesmo nome e o sistema nacional, afirmou nesta sexta-feira o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata. Segundo Barata, o apagão foi causado por falha humana na programação do ajuste da proteção do disjuntor na subestação Xingu, no Pará - O Globo, 7/4, Economia, p.23.

Para Unica, Brasil corre risco no etanol

Mesmo com o etanol envolvido na disputa entre Estados Unidos e China, a União da Indústria de Cana de Açúcar (Unica) vê mais riscos do que vantagens para o Brasil com a briga entre os dois gigantes. Para a associação, o País não tem álcool excedente para exportar e o etanol que a China deixará de importar dos Estados Unidos vai “sobrar” no mercado e poderá ser desviado para o País - OESP, 7/4, Economia, p.B4.

 


Geral



Como a cara de Luzia, revelada há 20 anos, mudou a pré-história do Brasil

O passado remoto do Brasil não é mais como era antigamente. Devemos uma parte considerável dessa transformação sobre o que achávamos que sabíamos a respeito de nossa pré-história a uma moça mineira cujo rosto famoso acaba de completar 20 anos: Luzia. Repare que eu disse "rosto". A jovem em questão tinha mais ou menos a idade mencionada acima quando morreu, mas isso já faz mais de 11 mil anos, o que permite classificar Luzia como a mulher mais antiga das Américas", artigo de Reinaldo José Lopes - FSP, 8/4, Ciência, p.B6.

Fundo privado para ciência empaca no Congresso e gera dúvidas no setor

Lançado pelo governo federal há quatro meses, o fundo privado concebido para financiar pesquisas de alto nível e qualificar universidades e institutos nacionais está empacado no Congresso e ainda suscita dúvidas dentro da comunidade científica. Os recursos do fundo, que podem chegar a mais de R$ 2 bilhões por ano, viriam sobretudo de empresas dos setores elétrico, de bioenergia e petróleo, de telecomunicações e de mineração, que têm de investir ou por contrato ou por dispositivos legais cerca de 1% da receita líquida em pesquisa e desenvolvimento - FSP, 9/4, Ciência, p.B5.

 

OUTRAS NOTÍCIAS

Informada sobre liminar do STF, PF recua e cancela despejo de índios
Em protesto, índios ocupam prefeitura para cobrar melhorias na Saúde e secretário pede demissão em São José do Xingu (MT)
Professor Gersem Baniwa se filia à Rede Sustentabilidade no Amazonas
Estado e município terão de garantir ensino da língua Ofayé-Xavante em escola
Investimentos do Governo na saúde indígena garantem milhares de atendimentos em aldeia de Aquidauana
Áreas de conservação foram ampliadas nos últimos dois anos
Estreia na França, documentário de ((o))eco sobre desmatamento na Amazônia
Fundo Amazônia destina R$ 140 milhões para a fiscalização do Ibama
Livro de antropóloga reúne mitos e lendas do povo Tapayuna
Publicação internacional exalta frutos amazônicos e o potencial deles na indústria

Nenhum comentário: