quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Bar Sirène deve zerar o lixo plástico em suas unidades em Curitiba

Segundo dados de 2017, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba, se produz 487 mil toneladas de lixo por mês, cerca de 700g por pessoa. Mas apenas 18 mil toneladas foram recicladas na cidade no ano passado
Os proprietários do bar Sirène usa 12 mil copos plásticos por mês nos três bares da marca na capital. Para diminuir esses dados que o bar firmou uma parceria com a ONG Parceiros do Mar. A meta é reduzir drasticamente o uso do copo plástico ao longo de 2018, zerando esse número ao fim do ano.
“Vamos disponibilizar copos retornáveis para os clientes utilizarem pelo custo de cinco reais. Caso o cliente queira devolver o copo quando for embora, ele recebe o dinheiro de volta”, explica Afonso Neto, sócio-proprietário do bar. Os copos serão lançados em três modelos colecionáveis, com artes criadas por artistas locais. O primeiro foi assinado pelo ilustrador Gustavo Santos Silva, conhecido como Gustas. Eventualmente, o Sirène fará promoções de chopes para quem utilizar o copo em um dos bares.
Mais do que uma parceria para responsabilidade socioambiental, o bar e a ONG visam alinhar a ideia de preservação do mar e da praia, já que ambos carregam essa identidade. “Nunca fechamos parcerias com bares para o uso de copos, essa ação é inédita com o Sirène porque ele está espalhado em pontos estratégicos da cidade, o que acaba impactando pessoas de diferentes lugares, com diferentes mentalidades”, se anima Silvia Turra Grechinski, representante da ONG.(#Envolverde)

Nenhum comentário: