quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

A corrida para salvar o mundo

Queridos amigos,

Donald Trump declarou guerra ao planeta Terra.

Ele está aprovando oleodutos, promovendo minas de carvão e, segundo informantes, tem um decreto legislativo pronto para tirar os Estados Unidos do Acordo de Paris, nossa melhor chance de garantir um futuro limpo e seguro.

Quando se trata de clima, não podemos permitir uma lambança dessas. Nosso clima é delicado e instável: a última era do gelo se instalou dentro de apenas seis meses. Não estamos falando de tempestades ou inundações, mas de um apocalipse que ameaçaria tudo que amamos! É isso o que mais assusta cientistas em termos de mudanças climáticas.

Mas temos um plano de batalha que, se vencermos, poderá neutralizar o ataque de Trump:
  • Trabalhar com prefeitos e líderes locais para, coletivamente, honrar os compromissos selados pelos Estados Unidos em Paris, mesmo que Trump não faça o mesmo.
  • Fazer uma grande campanha para eliminar US$ 1 trilhão de dólares em impostos como pagamento de subsídios para multinacionais de petróleo e carvão, e investindo em energia limpa em vez disso.
  • Aprovar leis nos principais países fabricantes de veículos determinado que novos carros sejam elétricos.
  • Fazer com que as grandes empresas e corporações do mundo usem energia 100% renovável.
Se 10.000 pessoas fizerem uma pequena doação semanal, poderemos passar os próximos dois anos entrando com tudo nesse plano e ir além, garantindo que Trump não destrua o planeta Terra.

Contribua com uma doação semanal para ajudar a humanidade nessa guerra pela sobrevivência:

O ano de 2016 foi o mais quente da história. As mudanças climáticas estão se acelerando, mas o presidente dos Estados Unidos nem acredita que o problema existe. Enquanto achávamos que o número de pessoas que duvidam das pesquisas científicas sobre as mudanças climáticas estava diminuindo, elas assumem o poder em um país que faz 14% das emissões de carbono do mundo! Será preciso um movimento global gigante para detê-las.

Ninguém pode fazer isso melhor do que nós. Desde o secretário-geral das Nações Unidas até chefes de estado, todos reconhecem a importância do papel da Avaaz na luta contra as mudanças climáticas. Viramos o jogo com a mobilização pelo clima e lutamos com unhas e dentes pelo Acordo do Clima de Paris, que estabeleceu o caminho para um futuro com energia 100% limpa. Agora, precisamos lutar novamente para salvar o Acordo de Paris e, com ele, todos nós.

Se nos unirmos rapidamente para fazer com que governos, empresas e líderes tomem os próximos passos cruciais para acabar com a era dos combustíveis fósseis, mostraremos aos céticos que a revolução da energia limpa está acontecendo, independente deles: com 100% de carros elétricos, 100% de geração de energia limpa e com o fim dos subsídios para multinacionais de petróleo e carvão. Faça uma pequena doação semanal e vamos fazer acontecer:

As mudanças climáticas são o tipo de questão que Avaaz nasceu para enfrentar. Um problema global que só podemos resolver juntos, e somente se as pessoas em todo o mundo derem as mãos para pressionar seus governos. Nosso movimento já peitou desafios como este e nossa pressão está funcionando. Vamos juntos enfrentar novamente o desafio dessa nova ameaça.

Com esperança e respeito por todos os membros dessa comunidade incrível,
Danny, Ricken, Emma, Alice, Diego, Spyro e toda a equipe da Avaaz

MAIS INFORMAÇÕES

Trump ressuscita dois polêmicos oleodutos barrados por Obama (El Pais)
http://brasil.elpais.com/brasil/2017/01/24/internacional/1485273185_448772.html

2016 segue firme para ser o ano mais quente já registrado, diz Nasa (O Globo)
http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/2016-segue-firme-para-ser-ano-mais-quente-ja-registrado-diz-nasa-20308203

Catástrofe polar retratada em filme pode ter ocorrido, diz estudo (Terra)
https://noticias.terra.com.br/educacao/voce-sabia/catastrofe-polar-retratada-em-filme-pode-ter-ocorrido-diz-estudo,a82c1557419ea310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html

Levando a ação contra as mudanças climáticas para as ruas (NY Times) (em inglês)
http://www.nytimes.com/2014/09/22/nyregion/new-york-city-climate-change-march.html?_r=0

Concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera atinge novo recorde, diz a ONU (Observador)
http://observador.pt/2016/10/24/concentracao-de-dioxido-de-carbono-co2-na-atmosfera-atinge-novo-recorde-diz-a-onu/

Vitória! O fim dos combustíveis fósseis se aproxima... (Avaaz)
https://secure.avaaz.org/po/climate_story_loc/

Trump aprova os polêmicos oleodutos de Keystone e Dakota (Msn)
http://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/trump-aprova-os-pol%C3%AAmicos-oleodutos-de-keystone-e-dakota/ar-AAmaYcI

Nenhum comentário: