segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Conheça as alternativas ao garimpo na Terra Yanomami


James,
Há muitos anos os Yanomami sofrem com as consequências do garimpo em seu território, com desmatamento e contaminação de mercúrio na água e no solo e nas próprias comunidades indígenas. Hoje, como o programa Fantástico da TV Globo mostrou na noite deste domingo 18/8, a crise chegou a um novo patamar de gravidade. Mais de 20 mil garimpeiros invadiram a Terra Indígena Yanomami, em Roraima, em busca de ouro. A sobrevivência do povo indígena está novamente ameaçada. 

Assista aqui a reportagem.


Para responder a essa situação, o ISA atua com o povo Yanomami no desenvolvimento de iniciativas econômicas sustentáveis que fortaleçam sua cultura, preservem suas florestas e gerem renda a partir do conhecimento tradicional dos índios sobre a biodiversidade da região. 
O  Cogumelo Yanomami, que gerou R$ 250 mil em 3 anos, valor inteiramente revertido para as 21 comunidades Sanoma, um dos subgrupos Yanomami. O livro que identifica os cogumelos comestíveis Sanöma venceu inclusive o Prêmio Jabuti, na categoria Gastronomia, em 2017. 
A pesquisa com o fungo Përɨsɨ, usado pelas mulheres Yanomami em suas cestarias tradicionais. A espécie foi apresentada pelas Yanomami à ciência ocidental, em um projeto inédito de pesquisa intercultural liderado por mulheres indígenas. 
O desenvolvimento de um chocolate feito a partir do cacau nativo da Terra Yanomami está em fase avançada, e os povos Ye’kwana e  Yanomami planejam comercializar o produto no Brasil e no exterior como importante fonte de renda para suas comunidades. 
A expedição turística ao Yaripo (o Pico da Neblina), ponto mais alto do Brasil, e lugar sagrado para os Yanomami. Em breve o roteiro, liderado por guias Yanomami, levará turistas a escalar essa mítica montanha. Seu plano de visitação foi aprovado pelo ICMBIO e pela Funai e,  em 2018, o projeto ganhou o Prêmio GOL Novos Tempos.
Iniciativas como essas oferecem alternativas para os jovens indígenas, valorizam a cultura e o saber dos mais antigos e contribuem para o combate ao garimpo.


Fotos: Moreno Saraiva/ISA,  Roberto Almeida/ISA, Rogério Assis/ISA e Lucas Lima/ISA

Em sentido horário, Cogumelo comestível Siokoni coletado pelos Sanöma (subgrupo Yanomami), cestaria Yanomami com Përɨsɨ, Demétrio dos Santos no topo do Yaripo e primeira barra de chocolate com cacau Yanomami.

Juntos podemos garantir que a Terra Yanomami continue viva.
Junte-se ao ISA! Seu apoio fortalece nossa atuação e torna possível o trabalho com os Yanomami de valorização de seu conhecimento tradicional e de proteção de seu território. 


Marcos Wesley
Instituto Socioambiental - ISA
Mais informações sobre o ISA.
Dúvidas ou comentários, ligue (11) 3515 8975 e fale com Mariana Hessel ou escreva para
relacionamento@socioambiental.org








Nenhum comentário: