quinta-feira, 29 de março de 2018



Resumo diário de notícias selecionadas
dos principais jornais, revistas, sites especializados e blogs,
além de informações e análises direto do ISA


HOJE:
Amazônia, Agricultura Orgânica, Agropecuária, Cerrado, Mineração, Povos Indígenas
Ano 18
29/03/2018


Direto do ISA



Fique sabendo o que aconteceu entre 23 e 29 de março de 2018

O destaque da semana fica para o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Maurão de Carvalho. Enquanto o Executivo criou 11 áreas de reserva ambiental no Estado, aprovadas por unanimidade pelo plenário, Maurão, contrariando a decisão da maioria de seus pares, sustou a criação das Unidades de Conservação - Direto do ISA, 28/3.

 


Amazônia



Museu Emílio Goeldi alerta que cana na Amazônia pode piorar oferta de água

O Museu Paraense Emílio Goeldi divulgou nesta quarta-feira, 28, uma nota técnica em que rebate a possibilidade de plantio de cana-de-açúcar na Amazônia. A proposta está em projeto de lei do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e é alvo de críticas de ambientalistas e também de produtores de cana - OESP, 28/3, Sustentabilidade.

 


Agropecuária



Deputado campeão de desmatamento, filho de Kátia Abreu legisla em defesa dos negócios da família

O legado que a senadora Kátia Abreu tem deixado a seu filho mais velho, Irajá Silvestre Filho (PSD-TO), não é apenas financeiro e político. A ex-ministra da Agricultura do governo Dilma foi eleita ‘Miss Desmatadora’ pelo Greenpeace, em 2009. Irajá Abreu, deputado federal hoje em seu segundo mandato, é o campeão de desmatamento na Câmara dos Deputados. Cruzamento de dados feito pelo Ruralômetro, com base em informações do Ibama, mostra que dos 513 deputados federais eleitos em 2014, cinco foram autuados e multados por infrações ambientais. Apesar de não ter recebido a maior multa, Irajá foi o que destruiu a maior área - Repórter Brasil, 28/3.

Sistema ajuda produtor rural a fazer recomposição ambiental em qualquer bioma brasileiro

Com o objetivo de auxiliar produtores rurais no processo de adequação ambiental da paisagem rural, a Embrapa, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e diversas instituições parceiras desenvolveram uma ferramenta que faz recomendações personalizadas ao produtor rural para recompor a paisagem nativa de sua propriedade - Embrapa, 27/3.

Plataformas monitoram redução de gases de efeito estufa e estimulam adoção do Código Florestal

O Brasil é o país que mais reduziu a emissão de gases que provocam o efeito estufa no planeta, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU). Desde 2010, com o lançamento do Plano ABC, aumentou o número de propriedades rurais que adotaram soluções tecnológicas como a recuperação de pastagens degradadas, Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), Sistema Plantio Direto, Fixação Biológica de Nitrogênio, plantio de florestas, tratamento de dejetos animais e adaptação da produção agrícola às mudanças do clima - Embrapa, 28/3.

 


Povos Indígenas



O último dos antigos pajés do povo Yawanawa alça seu voo para a eternidade

"O povo Yawanawa está em luto. Moradores das aldeias às margens do rio Gregório, no Acre, eles perderam um dos seus últimos anciões e o expoente de uma geração de antigos pajés. Com 106 anos, Yawarani cantava e contava histórias pela manhã desta quarta-feira (28 de março), deitado em uma rede na sua aldeia, quando seu coração parou de bater", Blog de Maria Fernanda Ribeiro - OESP, 28/3, Sustentabilidade.

Massacre dos Ticuna completa 30 anos

Na década de 1980, posseiros e madeireiros foram acusados de genocídios. O Massacre do Capacete, também chamado Massacre dos Ticuna, ocorreu, perto de Benjamin Constant (AM), a 1.116 quilômetros de Manaus, no dia 28 de março de 1988 - Rádios EBC, 28/3.

Omissão genocida

"Ultimamente, especialistas têm chamado a atenção da comunidade científica e do público em geral para o crescimento do número de suicídios entre indígenas, especialmente de jovens, Em 2015, no conjunto da população brasileira, a taxa de suicídios era de 5,3 por 100 mil; a de indígenas era de 30 por 100 mil. Entre os guarani-kaiowá, o grupo mais afetado por suicídios de jovens, a taxa era de 60 por 100 mil, quase 12 vezes a taxa nacional. A indiferença do Brasil, governo e povo em relação à tragédia indígena é o fundamento do que na prática constitui uma omissão genocida", artigo de José de Souza Martins - Valor Econômico, 29/3, EU& Fim de Semana, p.3.

 


Cerrado



Por dentro da destruição secreta da grande savana do Brasil

No Brasil, o tesouro escondido não é uma praia ou uma selva. É uma savana. O Cerrado é a savana mais rica do mundo. O que não se sabia era a velocidade com que estava sendo destruído. 9.500 km2 ao ano. Um ritmo muito maior do que a Amazônia. Mas este tesouro tem seus defensores, pequenos agricultores lutam na justiça contra a indústria agropecuária. Alguns moram em casas de barro, outros não sabem ler. Eles apenas querem garantir sua sobrevivência e se conseguirem, evitarão o desastre. O jornal El País viajou às profundezas do Cerrado ouvindo suas histórias - El País, 26/3.

 


Mineração



Novo relatório confirma nível alto de metais tóxicos no Rio Pará

Mercúrio, arsênio, alumínio e até urânio foram encontrados em concentração acima da permitida pela legislação brasileira nos resíduos lançados sem tratamento pela empresa norueguesa Hydro Alunorte no Rio Pará, entre os dias 16 e 17 de fevereiro. Essa é a conclusão de um novo relatório feito por especialistas do Instituto Evandro Chagas (IEC), apresentado nesta quarta-feira, 28/3 - OESP, 29/3, Metrópole, p.A17; FSP, 29/3, Ciência, p.B5.

Agressões, vigilância, desemprego, perseguição e isolamento: como vivem os moradores que enfrentam a gigante da mineração

A mineração passou por cima da casa de Lúcio da Silva Pimenta, na Serra da Ferrugem. Vanessa e Reginaldo Rosa dos Santos precisaram sair do pequeno sítio onde moravam, na comunidade Cabeceira do Turco, por causa dos tremores de um mineroduto – hoje vivem em uma casa alugada. Elias de Souza e Lúcio Guerra Júnior denunciaram falta de água, poeira, barulho, insegurança, morte de riachos e do solo. Sobre os cinco moradores de Conceição do Mato Dentro, pequena cidade a cerca de duas horas de Belo Horizonte, recaíram agressões, vigilância, desemprego, perseguição e isolamento. Tudo isso causado, eles denunciam, pela gigante britânica Anglo American, a mineradora que quer construir uma barragem 7 vezes maior que a de Mariana - The Intercept, 27/3.

 


Agricultura Orgânica



Mercado de orgânicos cresce, sai do nicho e muda a narrativa

"No começo de sua jornada, no século passado, o alimento orgânico representava principalmente uma opção de saúde individual para um nicho de consumidores urbanos de renda média-alta. Nos últimos 15 anos, esse mercado passou da infância para a adolescência, crescendo globalmente mais de 500% como área cultivada e como valor comercializado, além de 12 vezes em número de produtores. Ao sair do nicho, o produto orgânico também mudou sua narrativa, afirma o monumental relatório global O Mundo da Agricultura Orgânica 2018, que acaba de ser lançado pela IFOAM – Organics International, resultado do trabalho de mais de 300 pesquisadores em 120 países", artigo de Roberto Smeraldi - OESP, 29/3, Paladar, p.D4.

 



Nenhum comentário: