sexta-feira, 2 de março de 2018



Resumo diário de notícias selecionadas
dos principais jornais, revistas, sites especializados e blogs,
além de informações e análises direto do ISA


HOJE:
Água, Amazônia, Biodiversidade, Código Florestal, Direto do ISA, Mineração, Povos Indígenas, Queimadas, Saneamento
Ano 18
02/03/2018


Direto do ISA



Fique sabendo o que aconteceu entre 23 de fevereiro e 01 de março de 2018

A semana foi marcada pela conclusão do julgamento da constitucionalidade do novo Código Florestal no Supremo Tribunal Federal (STF). O resultado não foi nada favorável para o meio-ambiente e o retrocesso foi consolidado com a manutenção da maioria dos pontos da nova legislação. Enquanto isso, no sul do país, a Setep Construções foi condenada por poluir um curso d'água na Terra Indígena Morro dos Cavalos em Santa Catarina. A boa notícia veio da Terra Indígena Jaminawa, no Amazonas: a Justiça Federal determinou a retirada de invasores da região da Aldeia São Paulino, às margens do rio Purus (Boca do Acre, AM). Veja mais notícias: - Direto do ISA, 1/3

 


Código Florestal



Decisão do STF sobre o novo Código Florestal enfraquece a Cota de Reserva Ambiental

A decisão final do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre quatro ações diretas de inconstitucionalidade e uma ação direta de constitucionalidade em face da Lei nº 12.651/2012, que instituiu o novo Código Florestal, manteve os principais pilares da lei e abriu caminho para a sua implementação, passados quase seis anos da sua publicação. Entretanto, com relação à Cota de Reserva Ambiental (CRA), ainda há uma incoerência importante - O Eco, 1/3

 


Povos Indígenas



MPF recomenda interdição do território tradicional Tapayuna para preservação dos indígenas

Indígenas do povo Kajkwakratxi (Tapayuna) foram removidos compulsoriamente de suas terras em 1970 e levados para o Parque Indígena do Xingu. A Reserva Indígena, criada em 1968, foi extinta em 1976 pelo então presidente Ernesto Geisel - MPF, 1/3

“O governo quer acabar o mundo”, diz líder Munduruku

Na bacia do Tapajós, que abrange a região oeste do Pará e norte do Mato Grosso, é difícil andar sem esbarrar em algum tipo de projeto de infraestrutura do governo federal. Por isso, Francisco Karu Munduruku, cacique da aldeia Karu Muybu, resume a situação com gravidade: “O governo quer acabar o mundo”. A realidade faz com que a lista de batalhas dos Munduruku seja extensa - A Pública, 28/2

 


Queimadas



Os prejuízos do fogo para a população da Amazônia

O Brasil está queimando. Prova disso é o número recorde de incêndios no ano passado, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o INPE: foram 275.120 incêndios em todo o país no ano passado, a maior parte deles concentrados na Amazônia (132.297). Foi o maior número de focos de calor em um ano desde o início da série histórica, no fim dos anos 1980. Para ajudar o público geral e os produtores rurais a entender a nova realidade do fogo na Amazônia, o Observatório do Clima iniciou a publicação da série de vídeos “Brasil, um país em chamas”. Nesta quinta 1/3, está no ar quarto episódio da série - Observatório do Clima, 1/3

Amazônia é vítima de ‘tempestade perfeita’

Desmatamento, aquecimento global e incêndios florestais mais intensos podem reduzir floresta à metade em 2050; para dupla de pesquisadores, restaurar áreas desmatadas é urgente. O terceiro episódio da série sobre queimadas no Brasil mostra como o desmatamento e o aquecimento global estão mudando o regime de fogo na Amazônia - Observatório do Clima, 21/2

 


Biodiversidade



Corais de todo o mundo correm risco, diz pesquisa

A vida dos corais do mundo todo nunca esteve tão dura, mostra um estudo publicado recentemente na revista Science. Os chamados eventos de branqueamento, que levam à morte desses invertebrados marinhos, ficaram cinco vezes mais comuns nas últimas décadas, e tudo indica que o culpado é o suspeito de sempre: o aquecimento global - FSP, 2/3, Ciência, p.B7.

 


Saneamento



Escolas sem banheiros e saneamento

"Recente documentário produzido pelo Instituto Trata Brasil, em parceria com a Sabesp, mostrou alunos relatando a falta de motivação em continuar frequentando as aulas por conta da degradante situação das instalações, o que foi confirmado por pais e professores. O censo detectou problemas ainda mais graves na região Norte — em especial no Acre, no Amazonas, no Pará e em Roraima. A ausência do saneamento básico, pilar primário da infraestrutura, é um problema do país há décadas" artigo de Édison Carlos - FSP, 2/3, Opinião, p.A3.

 

OUTRAS NOTÍCIAS

Relatora da ONU pede contribuições para análise sobre criminalização de ativistas indígenas
Ministério entrega 34 veículos para ações de saúde indígena
Justiça leva atendimento a terra indígena na divisa entre o Amazonas e Roraima
Banco Mundial coordena iniciativa de proteção da Bacia Amazônica
Outro golpe contra a Amazônia. Jornal do Vaticano comenta decisão do STF sobre Código Florestal
Fim do bolsa verde deixa mais de 50 mil pessoas em situação de extrema pobreza desamparadas
Por que um dos maiores lagos do mundo já perdeu 90% de sua água em 4 décadas
No Pará, pessoas relatam problemas de saúde após vazamento da bacia da Hydro Alunorte


Nenhum comentário: