sábado, 7 de novembro de 2015

Sobre a CONFERÊNCIA DO CLIMA EM PARIS - COP21



Queridos amigos, 

Acabei de receber notícias terríveis – um exército de lobistas defensores dos combustíveis fósseis estará na Conferência de Clima em Paris (COP21). Enquanto isso, habitantes de pequenas ilhas que estão desaparecendo como resultado das mudanças climáticas só poderão enviar alguns representantes!

Mas, com o apoio de todos, podemos montar uma equipe para lutar pela sobrevivência desses povos.

Já vimos repetidas vezes como os grandes países poluidores dominam as conferências de clima da ONU, impedindo ações ambiciosas por parte de alguns países e dificultando o progresso das negociações climáticas em geral. É preciso ouvir o apelo dos países afetados pelas catástrofes climáticas e das pessoas que estão perdendo suas casas para o aumento no nível do mar. Precisamos fazer com que o mundo compreenda o que está em jogo e a necessidade urgente por ações.

A COP 21 será a última conferência desta proporção na qual tentaremos alcançar um acordo sobre o clima do planeta. Sem a voz das populações mais atingidas em Paris, nós, e todas as gerações futuras, perderemos esta batalha.

Podemos ajudá-los. Nosso movimento é grande o suficiente para arrecadar o valor necessário para levar representantes para a conferência, assessorados por uma equipe da Avaaz. Cada um de nós só precisa ajudar com o equivalente ao que gastaríamos com um almoço – assim, garantiremos que as primeiras vítimas não sejam sacrificadas. Cliquem para doar – vamos fazer com que os gritos dos vulneráveis sejam ouvidos em Paris: 


Os países localizados nestas ilhas estão literalmente começando a afundar nas ondas. É injusto, já que eles poluíram muito menos do que o resto do mundo. Precisamos agir agora ou vê-los serem varridos do mapa para sempre. Com o aumento do nível do mar, suas populações terão que escolher entre morrer afogada ou abandonar suas terras.

A conferência de Paris é um momento decisivo. O acordo a ser firmado por nossos líderes determinará se esse cenário será inevitável ou se conseguiremos de alguma maneira impedi-lo. Levar representantes dessas comunidades para a conferência e colocá-los no centro da discussão é crucial neste momento. Se cada um de nós doar, vejam o que podemos fazer:
  • Empoderar representantes das vítimas: financiar a viagem de representantes oficiais dos países mais vulneráveis a Paris, para que possam enfrentar os poluidores.
  • Levar vozes locais para o centro do debate: levar líderes comunitários das ilhas do Pacífico a Paris para que eles mesmos contem suas histórias, bem como líderes indígenas que protegem a Amazônia.
  • Conseguir o acordo que queremos e isolar a oposição: montar uma equipe da Avaaz focada em campanhas em tempo real durante a conferência, atraindo a atenção da imprensa mundial e pressionando os países que estão ameaçando o acordo que queremos.
Não há dúvidas de que Paris pode ser a última chance para muitos desses países vulneráveis. O governo do Kiribati já comprou terras em Fiji para que seu povo tenha para onde correr quando a ilha for engolida pelo mar. Mas a catástrofe das mudanças climáticas pode ser evitada se realmente ouvirmos os mais vulneráveis.

As chances de um acordo nunca foram tão grandes. E nossos países têm condições reais de abandonar de vez os combustíveis fósseis. Mas para garantirmos vitória, precisamos urgentemente ouvir as pessoas que já estão sentindo na pele os efeitos das mudanças climáticas.

Doe agora para ajudar a dar voz às populações na linha de frente e ajudar a salvá-los da extinção: 


Reunimos líderes indígenas para lutar pela Amazônia, defendemos as vítimas dos desastres causados pelas mudanças climáticas nas Filipinas e ajudamos o povo Massai a defender sua terra ancestral. Agora podemos ajudar a fechar o acordo que impedirá a destruição de países inteiros! Se conseguirmos, esta conferência pode colocar o mundo no caminho para um futuro mais seguro, com energia limpa, e esse será nosso maior passo em direção a um mundo melhor.

Com esperança e determinação,

Iain e toda a equipe da Avaaz

Fontes:

Governo de país que pode sumir do mapa compra terras em Fiji (Terra)
http://noticias.terra.com.br/ciencia/clima/governo-de-pais-que-pode-sumir-do-mapa-compra-terras-em-fiji,dd8f9216d5f654a92a3fdaff05b287b1kktvRCRD.html

Paraísos perdidos: a extinção das ilhas do Pacífico Sul (Revista Fórum)
http://revistaforum.com.br/digital/152/paraisos-perdidos-extincao-das-ilhas-pacifico-sul/

Brasil: país poderá viver drama climático em 2040 (Observatório do Clima)
http://www.observatoriodoclima.eco.br/pais-podera-viver-drama-climatico-em-2040/

Acordo de Paris será “ponto de partida” para ação sobre clima, diz representante da ONU (Reuters)
http://br.reuters.com/article/worldNews/idBRKCN0SL1J420151027

2015 deve bater recorde de 2014 e se tornar o ano mais quente desde 1880 (Folha de S.Paulo)
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2015/10/1698401-2015-deve-bater-recorde-de-2014-e-se-tornar-o-ano-mais-quente-desde-1880.shtml

Tudo o que você precisa saber sobre a conferência do clima em Paris e as reuniões da ONU (Guardian) (em inglês))
http://www.theguardian.com/environment/2015/jun/02/everything-you-need-to-know-about-the-paris-climate-summit-and-un-talks

Nenhum comentário: