domingo, 8 de novembro de 2015

Empresas se mobilizam para debater metas para a COP

A intenção é estabelecer formas mais proativas de participação do empresariado brasileiro na promoção de uma economia de baixo carbono. Foto: Shutterstock
A intenção é estabelecer formas mais proativas de participação do empresariado brasileiro na promoção de uma economia de baixo carbono. Foto: Shutterstock
Compromisso assumido pelo Brasil prevê redução de emissões em 37% até 2025. Ministros Joaquim Levy (Fazenda) e Izabella Teixeira(Meio Ambiente) têm presença confirmada no evento 
SÃO PAULO, NOVEMBRO DE 2015 – No dia 12/11 (quinta-feira) organizações que representam o setor empresarial nas discussões sobre Mudanças Climáticas se reúnem em São Paulo para o seminário Implicações e oportunidades para o meio empresarial diante da nova INDC brasileira (Contribuições Nacionalmente Determinadas Pretendidas, em tradução livre). O evento, que tem apoio do British Council, é uma realização da Iniciativa Empresarial em Clima (IEC) – que reúne o Instituto Ethos, o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), o Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (GVces), o CDP, o Pacto Global e o Instituto Envolverde.
Na companhia de CEOs e dos ministros Joaquim Levy (Fazenda) e Izabella Teixeira (Meio Ambiente), o grupo vai discutir como o setor pode atuar para que o Brasil consiga cumprir o compromisso de reduzir as emissões de gases em 37% até 2025. A nova INDC foi anunciada pela presidente Dilma Rousseff em setembro deste ano, em Nova York.
A intenção é estabelecer formas mais proativas de participação do empresariado brasileiro na promoção de uma economia de baixo carbono. Além disso, serão discutidas as consequências e as oportunidades geradas pela nova meta, assim como as necessidades de adequação dos setores produtivos.
Farão parte da mesa o Ministro da Fazenda Joaquim Levy, a Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, Wilson Ferreira Junior, Presidente da CPFL e Marcelo Araujo, Presidente Executivo do Grupo Libra. Eles vão tratar dos impactos da INDC nos setores produtivos brasileiros. Mecanismos financeiros e incentivos para transição de uma economia de baixo carbono também estarão na pauta. O diálogo será mediado por Celina Carpi, Presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Ethos.
O evento contará com apresentação da Embaixada do Reino Unido no Brasil sobre as oportunidades de cooperação bilateral em clima. British Council e Ministério do Meio Ambiente anunciarão parceria para a coordenação e investimentos do Newton Fund  em  uma Plataforma de Conhecimento em Adaptação às Mudanças Climáticas.
SERVIÇO:
Implicações e oportunidades para o meio empresarial diante da nova INDC brasileira
Quando: 12/11, a partir das 8h
Onde: Instituto Tomie Ohtake – Rua Coropés, 88 – Pinheiros

Nenhum comentário: