quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Diretor do Pnuma discute financiamento sustentável no Brasil

Steiner também participou da Conferência Ethos 360° sobre a importância da liderança política e a cooperação entre os setores para a conquista dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Foto: Fernando Manuel
Steiner participou da Conferência Ethos 360° sobre a importância da liderança política e a cooperação entre os setores para a conquista dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Foto: Fernando Manuel
São Paulo, 23 de Setembro de 2015 – O Diretor Executivo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Achim Steiner, concluiu uma visita de dois dias ao Brasil, onde se reuniu com os Ministros da Fazenda e do Meio Ambiente, e participou de uma Conferência sobre financiamento sustentável e economia verde sediada pela Febraban – Federação Brasileira de Bancos. Steiner também participou da Conferência Ethos 360° e visitou a fábrica da empresa Natura, uma das homenageadas pelo prêmio Campeões da Terra.
O Diretor destacou que “há três anos, os objetivos do desenvolvimento sustentável nasceram no Brasil, na Rio +20. Em áreas como financiamento sustentável e economia verde, o Brasil já está aparecendo como um líder. Enquanto o país considera opções de caminhos para o desenvolvimento futuro, os brasileiros podem ver a sustentabilidade tanto como parte da história já escrita, como também uma narrativa do futuro. Na verdade, o Ministro da Fazenda Levy falou muito em seu discurso na conferência da Febraban, destacando que a economia verde será no futuro um motivador da competitividade e da produtividade”.
“O PNUMA, através do Inquérito relativo ao Plano de um Sistema Financeiro Sustentável, vai continuar apoiando a pesquisa e implementação necessárias para a evolução de um sistema financeiro mais alinhado com as prioridades de desenvolvimento das nações articuladas às metas de desenvolvimento sustentável.”
Em reuniões com a Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e o Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, Steiner discutiu a necessidade de um financiamento sustentável e as descobertas iniciais do Inquérito, que sugerem a existência de uma “revolução silenciosa” que está alinhando o setor financeiro e a sustentabilidade, incluindo os desafios de responder às mudanças climáticas.
No Seminário Internacional – Sistema Financeiro, Economia Verde e Mudanças Climáticas, promovido pela FEBRABAN, com o apoio do PNUMA e do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (GVces), o Diretor Executivo adiantou algumas conclusões do relatório completo do Inquérito do PNUMA, que será lançado dia 8 de Outubro de 2015. Os Ministros Levy e Izabella também participaram do seminário histórico, comprometendo-se a tratar a economia verde no Brasil como uma forma de garantir a prosperidade futura.
Destacando a relação entre mudança climática e o desenvolvimento econômico, o Ministro Levy disse: “Esta questão, embora ambiental e científica, trata, em primeiro lugar, dos padrões de produção e consumo muito específicos para o dia-a-dia dos bancos, empresas e administração pública – em suma, de todos os povos e as gerações futuras. No setor financeiro, os avanços têm ocorrido muito rapidamente, tanto pelo regulador – o Banco Central -, como em termos de autorregulação.”
Em declarações, a Ministra Izabella Teixeira acrescentou: “O setor Financeiro pode ajudar a realocar recursos para lidar com o problema climático.”
Em seu discurso no Seminário, o presidente da Febraban, Murilo Portugal disse que “o setor bancário brasileiro nunca ficou indiferente aos desafios trazidos pelas Mudanças Climáticas e pelo imperativo de promover a Economia Verde. As iniciativas voluntárias do setor remontam a 1995 com a assinatura de um Protocolo Verde pelos bancos públicos. A partir daí, muitas outras iniciativas foram incorporadas”.
Steiner também participou da Conferência Ethos 360° sobre a importância da liderança política e a cooperação entre os setores para a conquista dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.
Ainda em São Paulo, o Diretor aproveitou a oportunidade para visitar a fábrica da empresa Natura, uma das vencedoras da edição 2015 do prêmio Campeões da Terra, pelo trabalho pioneiro em produção sustentável. (Pnuma/ #Envolverde)

Nenhum comentário: