quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Ecocídio, entenda o que é e suas consequências

Ecocídio, entenda o que é e suas consequências queda de 68% na população de animais selvagens no mundo entre 1971 e 2016 Existe uma grande desigualdade entre as espécies da Terra, pois enquanto cresce a população humana, definham as populações não humanas. Segundo Ron Patterson (2014): “Há 10.000 anos os seres humanos e seus animais representavam menos de um décimo de um por cento da biomassa dos vertebrados da terra. Agora, eles são 97 por cento”. A jornalista Elizabeth Kolbert, no livro The Sixth Extinction, documenta o processo de extinção das espécies que ocorre com o avanço da civilização. O Ecocídio é um crime que acontece contra as espécies animais e vegetais do Planeta. Esse crime se espalha no mundo em uma escala maciça e a cada dia fica pior. Exatamente por isto, cresce a consciência de que é preciso mudar o modelo de desenvolvimento que adota um padrão de produção e consumo danoso para o meio ambiente e que é responsável pelo aumento da destruição da vida na Terra. Para tanto, é preciso considerar o Ecocídio um crime contra a paz, um crime contra a natureza e um crime contra a humanidade e as futuras gerações. O site “Eradicating Ecocide” considera ser necessário a aprovação de uma lei internacional contra o Ecocídio para fazer com que os dirigentes de empresas e os chefes de Estado sejam legalmente responsáveis por proteger a Terra e as espécies não humanas. O crime do especismo é equivalente aos crimes de racismo, sexismo, classismo, homofobismo, escravismo, etc. Recentemente foi criado um site para incentivar a mobilização contra a discriminação das espécies, definindo o dia 22 de agosto de 2015, como o “Dia mundial contra o Especismo”. A humanidade ocupa cada vez mais espaço no Planeta e tem prejudicado de forma danosa todas as demais formas de vida ecossistêmicas. O ser humano está reincidindo cotidianamente nos crimes do especismo e do ecocídio. Se a dinâmica demográfica e econômica continuar sufocando a dinâmica biológica e ecológica a civilização caminhará para o abismo e o suicídio. Porém, antes de o Antropoceno provocar uma extinção em massa da vida na Terra é preciso uma ação radical no sentido conter a ganância egoística, garantir a saúde do meio ambiente e a livre evolução da biodiversidade. José Eustáquio Diniz Alves Colunista do EcoDebate. Doutor em demografia, link do CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/2003298427606382 Nota da redação: Para compreender o que é Ecocídio e suas consequências recomendamos que leiam: Antropoceno: A Era Do Ecocídio Brasil Perde Uma Vida Humana Por Minuto Para A Covid-19 E Milhões De Vidas Para O Ecocídio Crime De Ecocídio Contra A Floresta Amazônica A Vida Na Terra Tem Duas Ameaças Vitais: Mudanças Climáticas E Ecocídio Ecocídio No Antropoceno: 60% Dos Animais Silvestres Foram Extintos Em 44 Anos Jornada Mundial Pelo Fim Do Especismo E Do Ecocídio Mobilização Internacional Para Que O Ecocídio Seja Considerado Delito Universal Tribunal Penal Internacional Reconhece ‘Ecocídio’ Como Crime Contra A Humanidade Especismo E Ecocídio: A Extinção Dos Leões Na África Ocidental E Perda De Biodiversidade No Mundo Especísmo E Ecocídio: A Extinção Dos Guepardos O Crime De Ecocídio E A Devastação Das Florestas De São Paulo Especismo E Ecocídio: A Extinção Dos Tigres Especísmo E Ecocídio: O Sumiço Das Abelhas Especismo E Ecocídio: Gorilas Ameaçados De Extinção Especismo E Ecocídio: A Destruição Da Amazônia Especismo E Ecocídio: O Massacre De Elefantes E O Comércio De Marfim in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 16/09/2020

Nenhum comentário: